Drica Moraes revela que ficou dois meses em sítio de Fernanda Lima na pandemia

A atriz compartilhou um relato em suas redes sociais sobre o momento

Da Redação Publicado sábado 26 dezembro, 2020

A atriz compartilhou um relato em suas redes sociais sobre o momento
As duas são amigas de longa data - Instagram/@oficialdricamoraes

Drica Moraes revelou, neste sábado (26), que ficou cerca de dois meses no sítio de Fernanda Lima e Rodrigo Hilbert durante a pandemia do novo coronavírus.

A atriz usou as redes sociais para agradecer a amiga e compartilhou um relato emocionante.

"Começando os agradecimentos de 2020! Este ano foi ano de reencontros, essa moça aí me acudiu, me acolheu, cuidou de mim e do meu filho no pior momento da pandemia", começou ela.

Drica ainda contou que aprendeu diversas coisas durante a temporada: "Quando achei que fosse surtar dentro de casa, tendo que ser mãe, professora, faxineira e tudo mais. Fui para 15 dias e fiquei quase dois meses na roça dela que até tricô me ensinou a fazer. Fora o pão que tentou muito ensinar!".

"Muito obrigada, Fernanda, Rodrigo, todos os filhos queridos [os gêmeos João e Francisco, 12, e Maria Manoela, 1] e à Suza, por dar carinho, proteção e natureza para gente nesse ano tão duro! Que venha 2021 e a vacina para gente se reencontrar com segurança! Todo amor do mundo pra vocês!", finalizou.

Confira.

drica

DEPOIMENTO SOBRE LEUCEMIA
Drica Moraes, de 51 anos, acabou levando Pedro Bial e o público à emoção ao relembrar a luta contra leucemia. No 'Conversa com Bial', a atriz também contou sobre sua relação com o homem que lhe doou a medula. 

O transplante era a única possibilidade de Drica vencer a doença, a qual foi vítima quando completou 40 anos. No entanto, mesmo se conseguisse um doador compatível, ela tinha apenas 20% de chances de continuar viva. 

A atriz confessou ter pensado em desistir, mas o médico a convenceu: “Eu entendi naquele momento que os 20% de chance que eu tinha de sucesso eram 100. É como se eu fizesse uma regra de 3 e eu entendi que 20 virava 100”, contou.

Drica chama de "saga da cura" a busca por um doador de medula óssea, já que dos seis irmãos, nenhum era compatível. Na época, ela vivia os primeiros momentos com o filho Mateus, que hoje tem 11 anos. 

Cinco anos após o transplante, ela foi legalmente autorizada a conhecer seu doador, o Adílson, quando ambos preencheram cartas de intenção. 

Ao participar do programa, ela relembrou o telefonema que deu ao homem. "Eu disse 'Oi'. Ele disse 'oi fia'. Não tinha roteirista para escrever esse diálogo, eu não sabia o que dizer, o que você ia falar para uma pessoa dessas? Ele falou "você tá bem, fia?' Eu disse 'eu tô bem, você salvou minha vida."

Bial ficou visivelmente emocionado com o relato da atriz. O público também não deixou de comentar nas redes sociais, fazendo Drica ser um dos assuntos mais comentados do Twitter. 

"Uma verdadeira guerreira", disse um internauta. "Drica contando essa história linda sobre a doação de medula óssea é emocionante demais", elogiou outra. "Que coisa mais linda essa entrevista da Drica", falou mais um.
 

Último acesso: 30 Nov 2021 - 21:45:56 (1134921).