AnaMaria
Famosos / Explicação

Elizangela confirma que não se vacinou contra covid-19: ''Não sou cobaia''

Atriz Elizangela, que ficou internada por sequelas da covid, disse que o imunizante é um experimento e, por isso, não se vacinou

Da redação Publicado em 04/02/2022, às 10h52

Elizangela afirmou pela primeira vez que não se vacinou contra covid - Globo/Estevam Avellar
Elizangela afirmou pela primeira vez que não se vacinou contra covid - Globo/Estevam Avellar

Elizangelafez sua primeira aparição pública após ficar internada por sequelas da covid-19. Em uma live com o jornalista Thony Di Carlo nas redes sociais, na última quinta-feira (3), ela confirmou que não se vacinou contra a doença e disse que as notícias sobre sua hospitalização eram fake news. 

Isso porque alguns veículos noticiaram que a atriz foi internada com covid. No entanto, ela foi hospitalizada por conta de uma pneumonia. "Se tive [covid-19], foi muito leve (...) Ninguém aqui em casa teve”, afirmou.

Quanto à vacina, ela negou que seja contra. “Fizeram aquele bando de ‘fake news’ comigo sobre eu ser contra a vacina. Eu não sou contra a vacina. Sou uma senhora de 67 anos que vai tomar a vacina da gripe”, disse. 

No entanto, apesar de garantir que não é contra, Elizangela disse que não quer fazer parte de um experimento. "Eu não sou cobaia", completou a atriz. Vale lembrar que a artista chegou a publicar em seu perfil uma comparação entre a obrigatoriedade da vacinação e o estupro.

Mesmo após ter recebido alta, no último dia 24, a atriz segue usando suporte de oxigênio. Na transmissão ao vivo, ela contou que continua com o tratamento em casa, até sua completa recuperação, uma vez que teve o pulmão afetado.

ENTENDA

Elizangela, de 67 anos, ficou internada por três dias em estado grave no Hospital Municipal José Rabello de Mello, localizado em Guapimirim (RJ).  

Na ocasião, ela quase precisou ser entubada. Isso porque deu entrada no hospital com sequelas respiratórias da covid-19. A artista, que não tomou nenhuma dose da vacina, testou positivo no dia 12 e foi orientada a ficar isolada. 

No entanto, quando foi hospitalizada, a artista já não estava mais contaminada. Sua internação se deu por causa de graves sequelas da infecção nos pulmões.