AnaMaria
Famosos / Eita!

''Esperando a ligação do Boninho”, brinca Evaristo Costa sobre assumir comando do ‘BBB 22’

O jornalista respondeu que toparia apresentar o reality, mas lembrou que não seria possível pois continua em seu “ano sabático’

Da Redação Publicado em 14/09/2021, às 14h21 - Atualizado às 14h21

Evaristo Costa - Instagram/@evaristocostaoficial
Evaristo Costa - Instagram/@evaristocostaoficial

Após sua saída conturbada da CNN Brasil, Evaristo Costa respondeu várias perguntas de seus seguidores do Instagram, na manhã desta terça-feira (14). Disse, por exemplo, que aceitaria apresentar o ‘Big Brother Brasil’, caso fosse convidado. 

A vaga de Tiago Leifert permanece em aberto, desde que o apresentador deixou a emissora carioca. “Esperando a ligação do Boninho. Pode ser para ser um confinado também”, escreveu Evaristo. 

Mais tarde, o jornalista explicou que estava brincando e pediu que as pessoas não colocassem “caraminholas” na cabeça. Também aproveitou para desejar sucesso ao ex-apresentador e ao diretor do reality show da TV Globo. 

O apresentador completou respondendo se aceitaria voltar para a emissora carioca, onde fez sucesso como repórter e apresentador do ‘Jornal Hoje’.

“Sai de lá com as portas abertas para voltar. Diferentemente deste último canal em que trabalhei, mas insisto em dizer que meu sabático está em andamento”, contou.

Vale ressaltar que Evaristo foi dispensado recentemente da CNN Brasil. O apresentador também respondeu perguntas a respeito da demissão.

Um seguidor perguntou qual era o nível de indignação com a emissora e o jornalista respondeu que de 0 a 10, é o máximo. “Foi um prazer e um desprazer maior ainda”. 

POLÊMICAS
Ainda respondendo aos seguidores, Evaristo foi questionado qual foi a alegação da CNN para demiti-lo. “Poderiam alegar o que quisessem, é direito deles demitir. O que nenhuma empresa pode fazer com funcionários corretos é apunhalar pelas costas, e de forma desrespeitosa. O que faz com um, faz com todos”, escreveu. 

Evaristo também respondeu se houve alguma retratação em particular. “Não se retrataram e estão tentando encontrar justificativa para dizer que desvirtuei minha demissão. Sinceramente, espero que nunca mais se dirijam a mim”, disparou.

Por fim, o jornalista também revelou que recebeu três propostas de trabalho para o futuro, mas ressaltou que pretende manter seu “ano sabático”, que acontece desde que deixou a emissora carioca, em 2017.