AnaMaria
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaSpotify AnaMaria

Esposa de Juliano Cazarré compartilha rotina com a filha recém-nascida na UTI

Maria Guilhermina, herdeira caçula do ator, nasceu com a Anomalia de Ebstein

Da redação Publicado em 02/07/2022, às 15h52

Juliano Cazarré e a esposa Letícia têm cinco filhos - Instagram/@leticiacazarre
Juliano Cazarré e a esposa Letícia têm cinco filhos - Instagram/@leticiacazarre

A esposa deJuliano Cazarré, Letícia Cazarré, compartilhou nas redes sociais como é a rotina da filha recém-nascida Maria Guilhermina na UTI neonatal. Neste sábado (2), ela contou que a menina "segue melhorando", aproveitou para agradecer o carinho que tem recebido e respondeu dúvidas do internautas.

"Pra galera que pergunta se eu como alguma coisa especial pra aumentar a produção de leite... Não, continuo comendo de tudo, bastante, sem me preocupar em emagrecer pós-parto nesse momento. Graças a Deus tenho um marido maravilhoso que gosta de mim independente de estar magrinha, gordinha ou pós-operada", escreveu Letícia ao mostrar um prato de macarrão.

Ela ainda fez um relato emocionante sobre a Unidade de Terapia Intensiva. "Eu acredito que, depois das igrejas, as UTIs pediátricas sejam os lugares na terra onde se concentram mais anjos e santos. Às vezes eu sinto como se quase pudesse vê-los! Devem ser os olhos do coração", disse.

Para concluir, Letícia escreveu: "Maria Guilhermina de Guadalupe segue melhorando. Muito obrigada pelas orações."

Vale lembrar que Juliano, o intérprete de Alcides no remake da novela 'Pantanal', foi liberado das gravações da trama por uma semana para se dedicar aos cuidados com a filha.

stories-de-leticia

ENTENDA

Maria Guilhermina veio ao mundo com uma doença congênita rara — a Anomalia de Ebstein —, descoberta durante os exames pré-natais, e teve que passar por procedimento cirúrgico para corrigir o quadro.

Uma a cada 10 mil crianças nasce com essa cardiopatia, que afeta a oxigenação do sangue. Embora esta seja uma condição rara, para que a mesma possa ser identificada cedo, é muito importante que sejam realizados alguns cuidados quando o bebê ainda está na maternidade.

A Anomalia de Ebstein é uma má formação da válvula tricúspide, que está à direita do coração e é responsável por levar sangue para o pulmão, oxigenando-o. Então, quando há uma deficiência nessa válvula, há uma baixa oxigenação do sangue, caracterizando o quadro da doença.

{# Taboola Newsroom #}