famosos   / ENTENDA

Ex-jogador Denilson reclama sobre a dívida de R$ 5 milhões de Belo: ‘‘Não pagou ainda’’

Pendências do cantor teriam sido geradas há mais de 20 anos

Da Redação Publicado quarta 20 outubro, 2021

Pendências do cantor teriam sido geradas há mais de 20 anos
Mesmo após acordo na Justiça, a dívida não teria sido paga - Instagram/@belo e @denilsonshow

A dívida do cantor Belo com o ex-jogador de futebol Denilson voltou a repercutir, na última terça-feira (19), após uma entrevista do atleta ao podcast ‘Flow Sport Club’. Denilson afirmou que espera há mais de 20 anos pelo pagamento de R$ 5 milhões referente a um antigo contrato da banda Soweto. Mesmo após uma longa batalha judicial, o ex-empresário do grupo ainda não teria visto a cara do dinheiro previsto no acordo com Belo. 

"A história do artista é surreal. É aquela que você olha e fala: 'Não é normal'. Não pode ser normal um cara te dever e dormir tranquilo (...) Eu ainda não vi nada [do dinheiro]. O cara vive a vida normal, está por aí e está lindo para ele”, afirmou o ex-jogador.

Em seguida, continuou: “Acho que tem gente que tem esse perfil, de achar que o certo é o errado. E a gente vive em um mundo em que você faz isso e está tudo bem. Mas não é. Não está tudo bem. Está tudo errado".

Na época, Denilson era empresário da banda Soweto, quando Belo decidiu quebrar o contrato com o grupo para seguir carreira solo. Em 2004, a Justiça ordenou que o cantor indenizasse o atleta. 

Os dois teriam acertado um acordo, recentemente, em que os lucros do shows de Belo seriam revertidos para uma conta de Denilson. Segundo o ex-empresário, isso nunca chegou a acontecer. "O cara me deve, não me pagou ainda. A gente tentou fazer um acordo agora. Da parte dele, divulgaram que tinha feito o acordo e que estava pagando, que está tudo certo, ia parar com as penhoras do show. Parar por** nenhuma!”. 

Por fim, Denilson ameaçou recorrer à polícia para resgatar suas pendências nas apresentações de Belo. “Cantou, o bagulho vai cantar lá na porta também, vai chegar o oficial de justiça. O 'bagulho está louco'", concluiu. 

Confira a entrevista completa: 

Último acesso: 05 Dec 2021 - 03:08:15 (1151310).