AnaMaria
Famosos / tenha dó

Fake News sobre morte de Pedro Bial por infarto viraliza na internet

Primeiro dia do novo ano começa com falsa notícia sobre apresentador

Da Redação Publicado em 01/01/2021, às 10h57 - Atualizado às 11h01

Apresentador Pedro Bial foi vítima de fake news - TV Globo
Apresentador Pedro Bial foi vítima de fake news - TV Globo

O nome de Pedro Bial estava entre os assuntos mais comentados do Twitter na manhã desta sexta-feira (1º). Tudo porque viralizou na rede social a falsa informação de que o apresentador teria morrido. 

A história começou a se espalhar após um internauta publicar que Bial teria sido encontrado morto em seu apartamento, vítima de um infarto do miocárdio. A postagem era acompanhada de uma foto do que parecia ser uma ambulância chegando a um hospital.

Atentos, os internautas logo notaram que os profissionais que cercavam a ambulância na foto são da Turquia, por conta de um acessório no braço, o que acabou com a suposta veracidade da informação.

A invenção da falsa notícia gerou revolta: "Meu Deus, mal chegamos em 2021 e já mataram o Pedro Bial. O que está acontecendo?", comentou um. "O Pedro Bial vendo que ele morreu e não sabia", brincou outra. "Não gente, o Pedro Bial não foi eliminado no BBB da vida", ressaltou um terceiro.

Veja a imagem:

fake news BialFoto: Twitter

CRÍTICAS AO PRESIDENTE
Pedro Bial decidiu criticar o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) durante o seu programa, e a fala na qual o apresentador se refere a Bolsonaro como "acéfalo","desgovernante" e "inominado", viralizou na internet.

O 'Conversa com Bial', exibido em dezembro na TV Globo, começou com um discurso feito pelo apresentador, que lembrou as noites de eliminação do 'Big Brother Brasil'.

Na ocasião, ele fez uma oratória para criticar duramente o presidente da República, quanto ao seu comportamento perante a pandemia do coronavírus e após uma série de afirmações contra a vacina da Covid-19.

"Na pandemia desse 2020 nefasto, o Brasil se destacou. Difícil encontrar desgoverno que se compare no mundo. Desde o início, nosso desgovernante tentou negar a gravidade da crise, seguiu inventando remédios falsamente milagrosos, deu os piores exemplos --sem máscara e sem noção--, causou aglomeração e sabotou ministros da Saúde e da Educação", iniciou o ex-apresentador do 'BBB'.