Famosos homenageiam o autor Gilberto Braga por sua ''genialidade e escrita inconfundível''

O escritor morreu na última terça-feira (26), no Rio de Janeiro

Da Redação Publicado quarta 27 outubro, 2021

O escritor morreu na última terça-feira (26), no Rio de Janeiro
Morreu o novelista Gilberto Braga - Marcio Nunes/TV Globo

A morte do autor de novelas Gilberto Braga aos 75 anos, na noite da última terça-feira (26), no Rio de Janeiro (RJ), pegou o público e, sobretudo, diversos amigos do escritor de surpresa. Com isso, não demorou muito para que eles prestassem suas homenagens para se despedir com carinho do novelista. 

"Gratidão eterna a Gilberto Braga e sua genialidade. Descanse em paz, querido", disse Glória Pires, que interpretou Maria de Fátima em 'Vale Tudo', Norma em 'Insensato Coração' e Beatriz em 'Babilônia'.

"Perdemos mais um grande brasileiro que fazia o Brasil torcer e sonhar", lamentou Susana Vieira. "Um mestre, contador de histórias inesquecíveis", disse Glória Perez

"Gilberto, minha gratidão a tudo o que vivi com você e através de você, com suas palavras, sua genialidade, sua escrita inconfundível. Como atriz e espectadora, tenho uma coleção de boas histórias e alegrias. Descanse", escreveu Camila Pitanga, que viveu a Bebel de 'Paraíso Tropical'. "Fez parte da nosa história", comentou Paloma Bernardes na publicação. 

O escritor estava internado no Hospital Copa Star há algumas semanas, mas não resistiu. A informação foi confirmada pelo colunista Ancelmo Gois, do jornal O Globo. De acordo com o jornalista, Gilberto teve uma perfuração no esôfago e deste então lutava contra uma infecção sistêmica. Além disso, ele também sofria com Alzheimer. 

Gilberto tinha uma relação de 48 anos com o decorador Edgar Moura Brasil. A união, no entanto, só foi oficializada em 2014, com a presença de alguns amigos famosos do casal. 

 

 

 

 

A CARREIRA
Na teledramaturgia brasileira, o autor foi o responsável por grandes sucessos, tais como 'Vale Tudo', cujo o último capítulo teve a maior audiência da história, com 86% dos televisores ligados na TV Globo, além de 'Dancin'Days', 'Celebridade', 'Paraíso Tropical', que ganhou o Emmy de Melhor Novela em 2007, 'Insensato Coração' e várias outras. Seu último trabalho foi 'Babilônia', em 2015.  

Além de novelas, ele também escreveu a memorável série 'Anos Rebeldes', que abordou a ditadura militar, e adaptou a obra 'O Primo Basílio' para uma minissérie na TV. 

Último acesso: 04 Dec 2021 - 18:22:51 (1151549).