AnaMaria
Famosos / Críticas

Fernanda Venturini afirma ser ''contra vacina'' e é imunizada para ''viajar o mundo''

Atitude da ex-atleta foi criticada; em vídeo, ela tentou se explicar

Da Redação Publicado em 28/06/2021, às 08h10 - Atualizado às 08h11

Fernanda Venturini compartilhou stories para explicar sua declaração - Instagram/@fernandaventurini_oficial
Fernanda Venturini compartilhou stories para explicar sua declaração - Instagram/@fernandaventurini_oficial

A ex-jogadora de vôlei Fernanda Venturini compartilhou um vídeo no Instagram, dizendo que era contra a imunização contra covid-19, mas que iria tomar a vacina para "viajar o mundo", no último sábado (26). Ela tem 50 anos e, seguindo o calendário paulistano, poderia ter recebido a primeira dose desde o último dia 19. 

"Gente, olha onde eu e Zeca a gente está... A gente veio pedalando para tomar a vacina. Eu sou contra a vacina, mas como eu quero viajar o mundo, eu vou tomar. Vou tomar Pfizer que eu acho que é menos pior", disse ela em um story. 

Ainda na rede social, a ex-atleta indicou onde era possível tomar a vacina da mesma farmacêutica. "Que esse vírus do mal suma e não volte nunca mais!! Quem mora em São Paulo, aqui está vazio vazio. É Pfizer até acabar depois vai entrar a Janssen", escreveu.

A declaração de Fernanda entrou para os assuntos mais comentados do Twitter e foi criticada. "Eu tô tão revoltada com esse vídeo da Fernanda Venturini que eu vou sair do twitter agora pra não colocar aqui toda a minha indignação. Não tô conseguindo ser fina com certas pessoas no momento", disse Ingrid Guimarães. "Que desserviço! Inacreditável", falou um internauta. 

"Em um país com mais de 500 mil mortos dá risadinha, desdenha da vacina e ainda quer escolher a "menos pior". O suco de chorume da elite brasileira. E ainda posta uma merd* dessa", criticou Felipe Andreoli. "Fernanda Venturini foi uma grande jogadora de vôlei no passado e agora vira sommelier de vacina", escreveu mais outro.

A publicação de Venturini foi deletada, assim como o post em que celebrava a vacinação e agradecia ao profissional de saúde que aplicou o imunizante em seu braço. 

RETRATAÇÃO
Além disso, após a repercussão negativa de sua atitude, Fernanda voltou às redes sociais para se retratar, no último domingo (27). Em um novo vídeo, a ex-jogadora disse que foi "muito mal interpretada".

"Vocês acham que eu estou feliz com 500 mil morte que o Brasil teve, o mundo teve milhões de mortes, vocês acham? Se eu fosse contra eu não teria me vacinado, eu hoje tenho um programa que fala só sobre saúde no YouTube", justificou.

"Espero que as pessoas tenham mais educação e respeito. Me xingaram de tudo que é nome. As pessoas têm direto a entrar no seu Instagram e te xingar. Estou muito chateada com a repercussão que teve porque hoje o que eu faço é promover saúde para todo mundo. Se eu magoei alguém eu peço desculpas, mas não foi isso que eu quis dizer", afirmou ela.

Mesmo assim, as críticas à Fernanda continuaram nas redes sociais. Internautas afirmaram que ela se contradisse, uma vez que na primeira publicação se mostrou contra a vacina e na retratação disse que não afirmou isso. 

"Mentirosa e dissimulada também", disse uma internauta. "Foi debochada, deselegante, desrespeitosa. A hora é de incentivar a vacinação! Ela fez o contrário disso. Fernanda Venturini cag*u", escreveu Astrid Fontenelle.