AnaMaria
Famosos / Vida fora da Globo

Filha de Francisco José critica TV Globo após demissão do repórter

Para filha de Francisco José, TV Globo não valoriza seus mestres

Da Redação Publicado em 30/11/2021, às 09h55 - Atualizado às 16h53

Francisco José e a filha, Marianne - Instagram
Francisco José e a filha, Marianne - Instagram

A jornalista Marianne Brito, filha do repórter Francisco José, fez críticas à TV Globo após a demissão do pai dela, anunciada na última segunda-feira (29). Segundo Mariane, em um texto publicado no Instagram, a empresa "não valorizava seus mestres" e que "faltava verba para as grandes reportagens".

"Há vida fora da Globo! Adoro essa afirmativa, e faz tempo que a gente conversava sobre isso. A empresa mudou e já não valorizava seus mestres. Faltava verba para as grandes reportagens, enfim….", alfinetou Marianne.

Marianne também aproveitou para elogiar Francisco José. "Foi uma parceria incrível por décadas e sua marca está na história do jornalismo brasileiro. Não bastasse ter uma reputação impecável e uma carreira brilhante, ainda recebe essa enxurrada de carinho do público. Muito orgulho de você @chicojosedebrito!"

VEJA DESABAFO DA FILHA DE FRANCISCO JOSÉ NO INSTAGRAM:

TRISTE COM A DEMISSÃO
Para a colunista Mônica Bergamo, do jornal Folha de S.Paulo, Francisco José demonstrou se mostrou abalado com a demissão. "Eu estou triste, claro, foram 46 anos na emissora. Não posso fingir e dizer para você que estou feliz, porque não estou. Se fosse para sair feliz eu teria saído antes, pedido [para sair]", declarou. 

"Há dois, três anos o Ali [Kamel, diretor de jornalismo da Globo] me disse que a empresa estava com a política de renovação do quadro de funcionários. Eu sei que nós mais antigos temos os salários mais altos. Acho triste essa política de renovação, muitos dos que estão saindo são mestres do telejornalismo", comentou. 

Apesar disso, o jornalista afirmou que não está magoado e que é grato à Globo. "Não foi um processo litigioso. Não posso falar de uma emissora que me deu tudo. Mas estou triste, claro."