AnaMaria
Famosos / Será?

Filho de Sérgio Mallandro entrega noivado do pai: ''Não acredito''

Segundo, Edgard Cavalcanti, o pai teria pedido Dani Borges em casamento

Da Radação Publicado em 22/02/2021, às 18h46 - Atualizado às 18h49

Sérgio Mallandro pode estar noivo de Danielly Borges, segundo seu filho - Instagram / @serginhomallandro
Sérgio Mallandro pode estar noivo de Danielly Borges, segundo seu filho - Instagram / @serginhomallandro

Edgard Cavalcanti, filho de Sérgio Mallandro, deixou escapar uma bomba sobre o pai. Acontece que, segundo o rapaz, o humorista teria pedido a namorada, Danielly Borges, em casamento durante a viagem que fizeram, no último final de semana.

Tudo começou quando o comediante compartilhou uma foto com a amada, no último domingo (21), com a legenda: "Curtindo esse paraíso, Angra... Só alegria Gluglu GluGlu", escreveu ele. "Em paz, de bem com a vida!", disse ela.

Tudo estava normal até que seu filho decidiu comentar, e acabou revelando a novidade sobre o casal.

"Pai, não acredito que você pediu a Dany Borges em casamento em Angra! Você falou que ia ser mais tarde", comentou Edgard. 

Em seguida, a loira respondeu ao comentário do enteado: "Ele não aguentou (risos)".

Confira:

Sérgio Mallandro pode estar noivo de Danielly Borges, segundo seu filhoInstagram / @serginhomallandro

CORONAVÍRUS

Sérgio Mallandro relatou, em entrevista à Época, divulgada em 25 de outubro, que teve "muito medo da morte" durante o período que ficou internado na UTI com Covid-19 e, com isso, "passou a ressignificar a vida".

O comediante, que ficou oito dias na Unidade de Terapia Intensiva, contou que descobriu a doença quando estava colocando um perfume para sair e não sentiu o cheiro do mesmo.

"Liguei para o meu médico, fizemos o exame do coronavírus e vimos que estava já com 25% do pulmão comprometido", revelou Sérgio. 

Ainda para o veículo, o humorista disse que, durante a internação, passou um filme em sua cabeça. 

"Me internaram na UTI e fiquei oito dias lá, com febre, cansado, me tratando com remédios e oxigênio e com a cabeça totalmente pirada. Ali, veio um filme na minha cabeça, tive muito medo da morte e passei a ressignificar a vida", continuou. 

Sem deixar o bom humor de lado, Sérgio disse que foram "oito dias sem gluglu ou salci fufu", seus bordões mais conhecidos de sua carreira.