AnaMaria
Famosos / Pandemia

Gabriela Pugliesi divide preocupação com a segunda onda de COVID-19 no Brasil

Influenciadora lamentou o episódio em que deu uma festa durante o isolamento social

Da Redação Publicado em 26/11/2020, às 15h46 - Atualizado em 09/12/2020, às 10h10

Gabriela Pugliesi divide preocupação com a segunda onda de COVID-19 no Brasil - Reprodução/Instagram
Gabriela Pugliesi divide preocupação com a segunda onda de COVID-19 no Brasil - Reprodução/Instagram

A influenciadora Gabriela Pugliesi veio às redes sociais nesta quinta-feira (26), para desabafar acerca do seu medo da segunda onda da COVID-19 no Brasil. 

A loira dividiu uma sequência de vídeos nos Stories do seu Instagram, nos quais a musa fitness relatou que alguns amigos estão com a doença. 

"Deixa eu falar uma coisa para vocês, nem sei seu eu deveria, mas eu estou agoniada. Não sei se vocês sabem, tá tendo uma segunda onda de corona muito séria, não sei se as pessoas estão sabendo. Eu já cantava essa bola que ia piorar. Praticamente todos os meus amigos que não pegaram na época, que todo mundo ficou, inclusive eu, estão agora. Alguns bem mal", começou ela.

Ainda relembrou o erro que cometeu no início da pandemia, quando deu uma festa durante o isolamento social. 

 "Eu sei que lá no início eu reuni amigos aqui em casa, fui extremamente errada, fui cancelada aqui. Não tô fazendo demagogia ou sendo hipócrita. Eu realmente me arrependo, realmente levo isso muito a sério. Eu não estou saindo muito de casa, porque estou com medo de pegar de novo, porque tem gente que pegou de novo, tá? Só que agora as pessoas estão fazendo pior. Está tendo festa de verdade, aglomeração de verdade. Eu tô falando isso porque eu estou preocupada". 

Gabriela explicou que teve sintomas muito fortes e segue com resquícios da doença que contraiu no início de março. 

"Quando eu peguei, fiquei muito mal. Foi muito ruim. Estou com resquícios até hoje. Tenho falta de ar até hoje. Inclusive, vou fazer uma tomografia do tórax, porque acho que fiquei com resquícios. Não é brincadeira. Me tornei a pessoa que eu não achava que seria, aquela chata mesmo, que fica não sai de casa, tá perigoso. Não sei se as pessoas desencanaram de levar a sério, não estão preocupadas, porque eu realmente estou. Pelo que tô vendo, vai ser pior se continuar assim. Está tendo mais festa do que tinha antes e as pessoas pegando de novo. Mais uma crise dessa, o Brasil não aguenta, não. Gente, só eu tô vendo o que tá acontecendo?". 

Para finalizar, a beldade comentou a respeito da reação da web na época em que deu uma festa de boas-vindas para Mari Gonzalez, que havia sido recém-eliminada do 'Big Brother Brasil 20'. 

 "Ah, mas no início você juntou todos os amigos aí na sua casa e não estava preocupada. É, eu fui sem noção. Realmente não estava realizando, eu sei disso. Sei real disso. Agora, como sei disso, estou muito mais preocupada. Eu sei de tudo isso, para deixar claro. Acho que ninguém está preocupado", concluiu.