AnaMaria
Famosos / Eita!

Giselle Itié perde mil seguidores após mostrar look ‘polêmico’: “Liberte o mamilo”

Vestido usado pela atriz Giselle Itié no Baile da Vogue incomodou alguns internautas

Da Redação Publicado em 03/05/2022, às 15h14

Famosa se manifestou sobre o assunto através dos Stories - Instagram/@gitie
Famosa se manifestou sobre o assunto através dos Stories - Instagram/@gitie

Giselle Itié foi às redes sociais, na última segunda-feira (2), desabafar sobre um dos motivos de sua recente perda de seguidores no Instagram. A atriz destacou que muitos internautas ficaram incomodados com uma imagem em que ela aparece com um dos seios à mostra.

Tudo começou quando Itié compartilhou seu look escolhido para o Baile da Vogue 2022. Criado pelo estilista Ellias Kaleb, o vestido era repleto de babados em tons lilás metalizado e deixava um dos seios da famosa aparecendo. Para cobrir o mamilo, havia apenas uma pequena flor de pedrarias.

Enquanto alguns seguidores não perderam tempo em exaltar a aparência de Giselle, outros parecem não ter gostado da aposta ‘polêmica’. “Você é absurdamente linda, entenda”, elogiou Samara Felippo. “DIOSA”, disse Bárbara Borges. “Linda”, concordou Andrea Avancini.

Foi então que Giselle Itié voltou para revelar o 'saldo' da publicação através dos Stories: a perda de mil seguidores no Instagram! Em tom debochado, a artista aproveitou a oportunidade para alfinetar a hipocrisia dos internautas.

"Gostaria de informar que, por esta imagem, mil seres pararam de me seguir. Ui!", escreveu ao compartilhar sua própria publicação. Em seguida, ela fez menção ao movimento ‘Free the Nipple [Liberte o mamilo]’ - uma ação em prol da liberdade dos corpos femininos.

Vale ressaltar que essa não é a primeira vez que a atriz passa por uma situação parecida. Em fevereiro, Itié teve uma foto de biquíni censurada pela rede social após denúncias de nudez. Não satisfeita, ela editou o clique e decidiu compartilhá-lo outra vez. “Posto novamente esta imagem, mas enviando o 'pai-de-todos' para os hipócritas e indesejados nesta página", rebateu na ocasião.

Confira o motivo da polêmica: