famosos   / Reflexão

Giulia Costa divide reflexão importante no Dia Mundial dos Oceanos: ''Sinto uma angústia''

A filha de Flávia Alessandra falou sobre a poluição dos mares e pediu por mudanças

Da Redação Publicado terça 8 junho, 2021

A filha de Flávia Alessandra falou sobre a poluição dos mares e pediu por mudanças
Giulia Costa reflete sobre poluição dos oceanos - Instagram/@giuliacosta

Giulia Costa usa bastante suas redes sociais para discutir temas importantes sobre o meio ambiente, por isso, ela não poderia ficar de fora da celebração do Dia Mundial dos Oceanos, que é comemorado nesta terça-feira (8).

Por meio do seu Instagram, a filha de Flávia Alessandra compartilhou uma série de imagens: uma dela na praia, uma do mar e outra de um golfinho cercado por lixo.

Para a legenda das fotos, a morena se dedicou a escrever uma reflexão sobre como se sente em relação ao tema e, também, sobre a importância que ele tem.

“Hoje, 08 de junho, é celebrado o Dia Mundial dos Oceanos e, como amante do mar e apoiadora da campanha Proteja Os Oceanos, do Greenpeace, sinto um mix de emoções”, começou a atriz. “Primeiro, me sinto cheia de amor em pensar que são os oceanos que fornecem metade do nosso oxigênio e que são o lar de alguns dos animais mais espetaculares da Terra, baleias, tartarugas marinhas e golfinhos".

Em seguida, a musa, de 21 anos, trouxe um contraponto, que envolve o desrespeito que, muitas vezes, os seres humanos têm com o meio ambiente: “Mas, ao mesmo tempo, sinto uma angústia. Os impactos da mudança climática, poluição, pesca industrial predatória, exploração de petróleo e mineração, ameaçam não só a sobrevivência desses seres marinhos, como a nossa. Onde quer que estejamos no mundo, o que acontece com os oceanos afeta a todos nós. Somos todos parte de um ecossistema”.

Para completar seu argumento, Giulia citou o contexto do documentário 'Seaspiracy', do diretor Ali Tabrizi, que defende o fim do consumo de peixes, além de mostrar os impactos ambientais da pesca.

“Esses dias assisti 'Seaspiracy' e gostei muito de uma analogia feita durante o documentário que diz que o planeta Terra é como uma nave espacial viajando pelo cosmos, e nós, os terráqueos, somos sua tripulação. Se matamos parte dessa tripulação (os animais), a nave não consegue se manter e todos os demais tripulantes (humanos) vão acabar morrendo também. A 'boa notícia' é que ainda temos a chance de mudar esse caminho que parece sem volta”, escreveu.

A morena ainda falou sobre qual ideia acredita ser uma possível solução para amenizar os danos: “Precisamos de um Tratado Global dos Oceanos que proteja o alto-mar da ação humana. Se os líderes do mundo todo criarem esse tratado, abriremos o caminho para santuários marinhos, onde a vida marinha estará a salvo".

Para concluir, ela sugeriou aos seguidores locais nos quais podem encontrar mais informações sobre o tema. "Se você quiser saber mais sobre esse assunto, acesse a petição do Greenpeace e nos ajude a proteger os oceanos! Adoro a frase da bióloga marinha Sylvia Earle: ‘No ocean, no life. No blue, no green. No ocean, no us’ [Sem oceanos, não há vida. Não há azul, nem verde. Sem oceanos, não há nós]. Proteja os oceanos”, terminou.

Confira:

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

A post shared by Giulia Costa(@giuliacosta)

 

Último acesso: 27 Oct 2021 - 18:41:51 (1146071).