AnaMaria
Famosos / Inesquecível

Gloria Perez relembra assassinato de Daniella Perez após 29 anos: “Ganância mata”

Escritora protestou contra o crime que tirou a vida da filha, a atriz Daniella Perez

Da Redação Publicado em 28/12/2021, às 10h40

Daniella Perez foi morta por Guilherme de Pádua em 28 de dezembro de 1992 - Instagram/@gloriafperez
Daniella Perez foi morta por Guilherme de Pádua em 28 de dezembro de 1992 - Instagram/@gloriafperez

Gloria Perez utilizou as redes sociais, nesta terça-feira (28), para relembrar o assassinato de sua filha, Daniella Perez. A atriz foi morta por Guilherme de Pádua, seu par romântico em ‘De Corpo e Alma’, há exatos 29 anos.

No Instagram, a escritora compartilhou uma montagem de fotos da primogênita durante a infância, adolescência e juventude. "28/12/1992. O tempo não ameniza nada. Nem a dor, nem a revolta pela impunidade dos assassinos. Sim, psicopatas não são figuras da ficção, eles estão entre nós. E ganância mata”, dizia a legenda da imagem.

Para quem não lembra, as motivações para o assassinato brutal de Daniella Perez, de apenas 22 anos, foram profissionais. Isso porque Guilherme de Pádua considerava que havia “perdido espaço” na novela escrita por Gloria Perez.

Foi então que o ator contou com a ajuda de sua ex-esposa, Paula Nogueira Peixoto, para matar a colega de elenco com punhaladas e tesouradas. Ambos foram condenados a 19 anos de prisão, porém cumpriram apenas sete devido ao bom comportamento.

HOMENAGEM

Quem também prestou homenagem a Daniella Perez no aniversário de 29 anos de sua morte foi Cristiana Oliveira. A atriz foi protagonista de ‘De Corpo e Alma’ ao lado de Tarcísio Meira.

"Menina, minha irmãzinha. Até hoje não entendo, nem nunca vou entender porque tiraram você de nós. Tão estranho, tão louco, tão surreal. Minha amiga linda, minha confidente, linda na sua doçura, na sua solidariedade, colega incrível!”, começou através do Instagram.

Ao lado de um registro abraçada à amiga, continuou: “Quantos momentos, eu, na minha primeira novela na TV Globo, morrendo de medo, insegura, e você ali, me incentivando, contestando quando alguém falava que eu era inexperiente e não deveria estar ali”.

Por fim, dedicou um recado a Gloria Perez. “Dani, tenho saudades demais de você, sempre vou sentir. Apenas Gloria Perez, Fabio Assunção e eu sabemos o que foi aquele momento. Gloria, amo você. Estarei sempre contigo. Vinte e nove anos hoje. Amo você, Daniella. Sempre e pra sempre", concluiu.