famosos   / mudança

Gloria Pires assume fios brancos e diz que família não concordou: ''Todo mundo foi contra''

"Mas fui ficando e estou me sentindo bem, bonita, empoderada mesmo", declarou a atriz

Da Redação Publicado domingo 22 novembro, 2020

"Estou adorando", declarou a veterana - Instagram/@gpiresoficial

Aos 57 anos, Glória Pires resolveu assumir os cabelos brancos na quarentena. Em entrevista ao jornal O Globo, divulgada neste domingo (22), a atriz contou que a decisão não foi bem aceita pelo marido e os filhos, mas isso não a impediu de seguir com sua vontade. 

“Todo mundo foi contra, o marido, os filhos. Mas fui ficando. E estou adorando. Estou me sentindo bem, bonita, empoderada mesmo", falou

Ainda ao veículo, Glória contou que o desejo de assumir os fios naturais é antigo.

"Eu estava querendo deixar meu cabelo branco há algum tempo. Mas na última novela, 'Éramos seis', como transcorriam 30 anos na história, seria complicado: o consenso foi que eu deveria ter o cabelo pintado e ir fazendo os brancos de acordo com a continuidade. Quando acabou, falei: 'Agora vou deixar'", explicou.

Além disso, a atriz contou quais foram as dificuldades que passou por conta da idade. Apesar de alguns problemas, como o sono, ela diz que a saúde está melhor agora.

"O sono muda muito. Tem vezes que durmo melhor, tem vezes que durmo pior — me trato com medicina ortomolecular, tenho uma suplementação, faço meditação. Mas é um processo. É mais fácil quando você abraça essa condição. Vivi 57 anos, tenho rugas, flacidez, estes cabelos são meus. E isso não me faz sofrer. Quando eu era mais jovem, talvez pensasse neste momento com mais dificuldade. E minha saúde é melhor agora: quero ter saúde para curtir minha velhice e tudo pelo que trabalhei. A menopausa está rolando bem. Fiquei com receio no início. Mas não está sofrido", relatou.

*

50 ANOS DE CARREIRA

Com mais de 30 novelas feitas, dezenas de filmes e participações em programas, Glória Pires participou de uma live no YouTube no canal de Monique Curi, na última terça-feira (13), para refletir sobre os 50 anos de carreira. 

“Eu me orgulho porque eu cheguei até aqui. E se eu faria alguma coisa diferente? Talvez, provavelmente. Porque acho que a gente vai fazendo o que é possível como profissional, como mãe, como ser humano”, confessou Glória, ressaltando que não há arrependimentos. 

“De alguma forma eu fui muito privilegiada desde o início da minha carreira, primeiro com uma variedade de personagens enorme. Eu era muito jovem e recebia papéis desafiadores. E também  o que sempre me agradou muito nessa trajetória foi o fato de eu não ter ficado com uma personagem só. Sou muito grata pelo o que a vida tem me dado e procuro sempre ser gentil com as pessoas a minha volta, como o universo tem sido comigo.”, explicou, visivelmente emocionada.

Último acesso: 28 Nov 2020 - 14:07:21 (1131319).