AnaMaria
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaSpotify AnaMaria
Notícias / Famosos / Alimentação

Graciele Lacerda ressalta importância de não haver restrições em reeducação alimentar: ''Tem que ser leve’’

Influenciadora declarou que o importante não é viver em dieta, mas, sim, aprender a comer adequadamente

Da Redação Publicado em 10/07/2021, às 16h00 - Atualizado às 16h00

Graciele ressaltou a importância de não se privar de nada, mas saber comer corretamente - Instagram/@gracielelacerdaoficial
Graciele ressaltou a importância de não se privar de nada, mas saber comer corretamente - Instagram/@gracielelacerdaoficial

Graciele Lacerda dividiu com os fãs, na noite da última segunda-feira (5), os benefícios de manter uma alimentação balanceada e sem restrições. Em seus Stories do Instagram, a influenciadora fitness listou as vantagens da reeducação alimentar e ressaltou que restrições alimentares em excesso não fazem bem.

 “Viver de dieta não é bom. Esquece dieta, gente. Não precisa estar sempre de dieta. A gente precisa aprender a comer corretamente. Não precisamos restringir e abrir mão de nada na nossa vida. A gente tem que ser leve… Comer um doce, um hambúrguer, uma pizza, não vai fazer você engordar. O certo é saber viver em equilíbrio, não exagerar. Reeducação alimentar é isso, não restringir nada. Tudo que é exagerado engorda e tudo que é muito restritivo faz mal”, explica a influenciadora fitness, criadora de um programa que promete a perda de peso evidenciando a importância da reeducação alimentar sem restrições 

“Tudo isso é o que eu ensino e o que as pessoas entendem e aprendem no Eduque Seu Peso. Comer comida de verdade, entender a importância de cada alimento, de cada fase. São oito fases que a gente tem e cada uma dura até três dias. Cada fase tem um intuito para você ter o resultado de forma natural, sem passar fome e sem comer nada além do que você já tem em casa. E ter o resultado no fim dos 21 dias”, completou. 

Na sequência, ela mencionou que não é uma questão de dinheiro; afinal, a reeducação alimentar leva em consideração o que você já consome no cotidiano. “Não precisa comprar nada além do que você já consome. A única coisa que você vai parar, se realmente quiser entrar na reeducação alimentar, é parar de comprar industrializados. Tentar comer mais comida de verdade, arroz, feijão, frutas, verduras… Isso é comida de verdade. E se bobear você vai economizar fugindo dos industrializados”, aconselha a influencer, que já colocou até o marido, Zezé di Camargo, para perder peso em seu programa de reeducação alimentar.

Outro fator importante citado por Graciele para que a reeducação funcione é evitar usar desculpas. “Não achar o imediatismo, que você vai ter resultados para ontem. E também o vitimismo. Tem muita gente que diz: 'ah, não vou conseguir, não tenho tempo, isso é muito difícil' e já desiste. Conheço pessoas que têm uma alimentação balanceada com resultados incríveis. Isso de dar desculpas tem que parar também”, afirmou.

“Tenho uma rotina mais saudável, de comer certinho, porque eu me sinto bem assim. Só que, de vez em quando se eu quero comer um hambúrguer, um doce, eu como. E levo isso na leveza. Não vou numa festa e levo minha marmita. Gente, não precisa disso. Você pode sair para comer fora e fazer suas escolhas. Hoje todo lugar tem coisas mais leves”, finalizou.

A esposa de Zezé di Camargo também ressaltou a importância de métodos complementares a reeducação. Na plataforma de seu programa, ela inseriu opções de atividades físicas para fazer em casa e auxílio de uma psicologa para tratar a mente com questões relacionadas à ansiedade e compulsão alimentar.

{# Taboola Newsroom #}