AnaMaria
Famosos / Eita!

Indignado, Pedro Scooby desabafa sobre escola dos filhos: ''Dever de casa é muito chato''

Ex-marido de Luana Piovani, Pedro Scooby, afirmou que a escola ainda precisa evoluir muito

Da Redação Publicado em 01/11/2021, às 14h58 - Atualizado às 14h58

Pedro Scooby reclama da escola dos filhos e reflete sobre ensino no Brasil - Instagram/@pedroscooby
Pedro Scooby reclama da escola dos filhos e reflete sobre ensino no Brasil - Instagram/@pedroscooby

Parece quePedro Scoobynão está nada contente com o modo que as escolas funcionam. Representando o pensamento de muitos estudantes espalhados por aí, o ex-marido de Luana Piovani usou suas redes sociais para reclamar do fato da escola dos filhos ter mandado dever de casa no final de semana.

Pedro Scooby deu sua opinião por meio dos seus Stories do Instagram, nesta segunda-feira (1º). O surfista não poupou palavras para demonstrar seu descontentamento. 

"Quem foi o ser humano que inventou dever de casa? Dever de casa é muito chato. A criança já fica de segunda à sexta na escola, chega no fim de semana e tem que fazer dever de casa? No meio da semana já estuda", começou.

Em seguida, Scooby falou sobre dois dos seus filhos com Luana Piovani. "O Dom e o Bem, por exemplo, estudam das nove da manhã às quatro da tarde. Chegam em casa e têm que fazer dever de casa. Qual vai ser a memória da criança? O que ela fez na infância dela? Estudou? Só? Acho que lugar de estudar é na escola", falou ele.

O ex-marido de Piovani deu sua opinião sobre as escolas deveriam influenciar os pequenos a quererem praticar outros tipos de atividade extra-curriculares. O surfista ainda comentou que o jeito como as instituições de ensino funcionam se assemelham à forma como era há anos.

"Eu lembro da minha época na escola. Eu acho que a escola tem que mudar, tem que evoluir. Tem que preparar a criança para um mundo diferente do que era 20 anos atrás, 30 anos atrás. Eu acho que tem outras coisas que são tão importantes quanto estudar, que a criança precisa explorar também, como artes como esportes, como várias outras coisas", disse ele.

Para dar fundamento às suas argumentações, Scooby comparou o ensino brasileiro ao da Finlândia, que ocupa o primeiro lugar do mundo em educação – mesmo crianças só passando três horas por dia na escola. 

Ele também lembrou que no sistema de ensino finlandês eles aprendem várias outras coisas na escola, por exemplo, técnicas de marcenaria ou até mesmo como cuidar de uma horta, entre outras atividades.

"Eu acho que o Brasil e Portugal ainda estão muito atrasados em termos de educação. Eu acho que precisava evoluir a forma como vê a educação numa criança", concluiu o pai de Dom, Bem e Liz.