AnaMaria
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaSpotify AnaMaria

Ingrid Guimarães detona Nego do Borel após atitudes em 'A Fazenda 13': ''A velha história''

A atriz defendeu Dayane Mello no caso de assédio dentro do reality envolvendo o cantor, que foi expulso no domingo (26)

Da Redação Publicado em 27/09/2021, às 12h30 - Atualizado às 12h39

Ingrid Guimarães e Nego do Borel - Reprodução/Instagram
Ingrid Guimarães e Nego do Borel - Reprodução/Instagram

Ingrid Guimarães se pronunciou a respeito da expulsão de Nego do Borel do reality show ‘A Fazenda 13’, no último domingo (26). Depois que o cantor foi flagrado debaixo do cobertor com Dayane Mello, que estava bêbada e já havia recusado as investidas do funkeiro, foi declarado assédio pela equipe do programa.

Via Twitter, a atriz não economizou palavras para defender as mulheres que sofrem constantemente com a violência.

"A velha história de que a mulher deu motivos. A culpa nunca será nossa, não importa o tamanho da sua roupa, a música que você escute ou dance. E não tem desculpa nenhuma pra tocar numa mulher bêbada", escreveu ela.

"A pergunta é: e se fosse sua irmã ou sua filha? Mudaria?", completou Guimarães.

NEGO DO BOREL SE DEFENDE DAS ACUSAÇÕES

Depois de deixar 'A Fazenda 13', Nego foi às redes sociais para se pronunciar.

"Mais uma vez injustiçado e mais uma vez não tenho voz", iniciou ele, relembrando todas as acusações que vem sofrendo desde o término de seu noivado. "Todas essas coisas que venho sendo acusado e provando o contrário junto com a polícia, não têm tido valor. As pessoas ainda estão me julgando. A minha voz não vale de nada. Hoje vejo o racismo escancarado", disse. 

Em seguida, ele não citou nomes e se referiu a Duda como "pessoinha". "Entrei pro reality e tem uma 'pessoinha' aqui fora que eu não sei por que não segue a vida dela", disse Nego. "A pessoa ficou falando de mim não sei por quê".  

EXPULSÃO
Na sequência, Nego falou sobre Dayane Mello, a quem disparou elogios. "Até agora não entendi porque estou aqui na minha casa. Conheci a Day, pessoa maravilhosa, gentil, simpática. Gostamos um do outro, aconteceu o que aconteceu e até agora não entendi por que estou aqui na minha casa."

PERDÃO
Nego aproveitou para se desculpar com a família e com o público feminino. "Mas se for pelo fato da Dayane ter dormido comigo no estado que ela estava, desde já eu quero aqui, primeiramente, pedir perdão a minha mãe, minha avó e minhas tias, que são mulheres, e depois pedir desculpa a todas as mulheres."

"Porque eu não vi maldade, eu não tive maldade na hora", justificou. "Como a Adriane Galisteu falou na apresentação, que quando uma mulher tá alcoolizada e ela fala que 'não é não' e 'sim também é não', vocês podem ver na filmagem que quando ela [Dayane] fala pra mim 'não', eu vou dormir. A gente não faz mais nada, a gente não transa", disse.

O cantor confessou ainda que está triste pela desclassificação. "Não sei mais o que eu falo. Minha palavra não tem importância", lamentou. "Eu dormi do lado de uma pessoa que sim, estava alcoolizada. Eu estava sim, querendo ficar com ela, e ela querendo ficar comigo. E vocês podem ver que depois da noite que a gente dormiu junto, ela fala que quer dormir comigo de novo", afirmou. 

DEPRESSÃO
Nego, então, disse que estava pensando em suicídio. "Vou acabar tirando a minha própria vida, não estou blefando", alertou. "Tô querendo saber o que eu fiz pra merecer tanto ódio. Por que isso, mano?", questionou. "Se eu fosse um bandido, [por] tudo o que eu fui acusado, era pra eu estar preso. E eu tô aqui dentro de casa, sofrendo um pré-julgamento da galera da internet, do Brasil. Vamos esperar a polícia apurar tudo."

"Saí de um reality que eu fiz amizade. Eu estava feliz. Mais uma coisa que eu perdi. Eu não sei mais o que eu faço da minha vida. Esse é o racismo na cara da sociedade. É porque eu sou preto? Porque sou funkeiro? Porque vim da favela? Vocês vão tirar a minha vida. Estou depressivo, mal e muito quebrado. Não sou um monstro, não sou um estuprador", disse. 

No final, Nego chorou ao lembrar que voltou da Roça e que acreditou que a participação no reality show era uma oportunidade para que as pessoas o conhecessem. "E aí quando eu acordo, eu tô em casa. O que eu fiz? Eu dormi com a mulher. A mulher estava, sim, bêbada. Eu não fiz nada. Ela falou que não. A gente descansou, dormiu. Amei dormir com ela. E mesmo assim, eu tô aqui. Aí todas as coisas boas que eu fiz são apagadas", concluiu. 

O vídeo termina com parte do depoimento de Dayane à produção do programa. Na ocasião, ela saiu em defesa do cantor, declarando que ele não foi abusivo. No entanto, a modelo demonstrou não se lembrar de todos os acontecimentos da noite.