AnaMaria
Famosos / ENTREVISTA

Jerônimo Martins sobre conciliar as carreiras de médico e ator: ‘‘Sempre buscando aprender’’

Artista deu vida ao malvado Edu, em 'Salve-se Quem Puder'

Karla Precioso Publicado em 29/08/2021, às 14h30

Aos 44 anos, Jerônimo também atua como ginecologista e obstetra - Instagram/@jeronimo_martins
Aos 44 anos, Jerônimo também atua como ginecologista e obstetra - Instagram/@jeronimo_martins

Médico na vida real e um baita vilão na ficção. Esses foram os momentos vividos pelo Jerônimo Martins, 44 anos. Ele se dividiu entre o consultório como ginecologista e obstetra e os estúdios da Globo, onde gravou cenas da novela 'Salve-se Quem Puder', interpretando o malvado Edu. A seguir, ele conta como concilia as duas carreiras.

Qual vocação apareceu primeiro: atuação ou medicina?
Primeiro veio a atuação. Faço teatro desde os 6 anos. Inicialmente na escola, depois fiz parte de um grupo amador. Na adolescência estudei no Teatro Escola de Pelotas, RS, e fui convidado para ingressar o Grupo da escola, quando me profissionalizei. No meio da Faculdade de Medicina já trabalhava como ator profissional.

Na série 'Segredos Médicos' você dá vida a um médico. Como ator, foi mais fácil interpretar uma profissão que já exerce?
Isso ajudou muito, pois metade do trabalho de pesquisa sobre o personagem eu já tinha, considerando que a temática era a medicina. No entanto, apesar de ser inspirada em casos reais, a série é feita com personagens fictícios a serviço de uma história. Meu personagem, por exemplo, tinha outra especialidade, outras características que não são as minhas, então isso tudo foi criado como qualquer outro trabalho que faço para TV ou teatro. 

O que encanta você no universo feminino?

As mulheres são mais fortes e inteligentes, né? Tenho que admitir isso [risos]. Meu pai morreu quando eu tinha apenas 2 anos. Então, fui criado pela minha mãe, Orizontina Martins, e minha tia, Maria do Carmo. Mulheres fantásticas, batalhadoras, que passaram por muitas dificuldades para educarem a mim e aos meus quatro irmãos. Elas são incansáveis no cuidado e amor que nos dedicam. Não tenho como não ter uma profunda admiração pelo universo feminino, e é uma honra muito grande poder trabalhar com elas e para elas.

Como doutor Jerônimo, quais conselhos médicos você daria para as leitoras?
No atual momento, cuidem-se, usem máscara, se possível não aglomerem e acreditem na ciência. Como ginecologista e obstetra, diria para nunca deixarem de fazer suas revisões de exames anuais. Infelizmente, muitas doenças graves demoram a dar sintomas, portanto, procurando o médico antes disso, é possível ter um diagnóstico precoce, com 100% de chance de cura na maioria dos casos.

Como ator, quais conselhos você pode dar para quem está começando a atuar?

Nossa! Sinceramente, me sinto começando ainda, sempre buscando aprender mais. Quero esses conselhos também [risos]! Mas uma coisa que gostaria de dizer é mais para os familiares e amigos dos iniciantes do que para eles mesmos. Estou muito feliz e adoro fazer novela, porém a carreira de um ator não se resume a apenas isso. Se seu filho faz teatro, shows, eventos, dá aulas, saiba que ele também é um ator. Não cobre dele a necessidade de estar na televisão para ser considerado ator de verdade. Isso é muita ignorância.

Você já foi solicitado em algum bastidor de novela para tirar uma dúvida médica de alguma atriz?
Já, o tempo todo, toda hora, 24 horas por dia [gargalhada]. Não só na televisão como no teatro também. É natural, é algo espontâneo, porque, obviamente, é muito inusitado ter um colega de ensaio que é ginecologista e obstetra. Então, sempre que posso, tento ajudar sem problema algum.

Qual o momento mais marcante em sua carreira artística?
Posso citar dois: no teatro, quando interpretei o personagem Venâncio em uma peça chamada 'D. Leandro' ou 'Os Sendeiros de Sangue'. Esses trabalhos foram um divisor de águas no meu jeito de interpretar, aprendi muito. Na TV, com certeza, o que estou vivendo agora [em 'Salve-se Quem Puder]. O Edu é um personagem incrível de se fazer, numa novela divertidíssima. Só tenho a agradecer demais por essa ótima oportunidade.

Você é um homem bonito e está em forma. Algum segredo de beleza?
Confesso que, na pandemia, está bem difícil cuidar da forma física. Sou comilão, então, pra compensar, procuro correr sempre. Faço musculação, quando é possível, porque não sou tão regrado para fazer sozinho em casa. Mas, no fundo, o segredo da beleza é não importar-se com a opinião dos outros. Sempre alguém vai dizer que você está magro ou gordo demais, que é muito alto ou baixo... O importante é você estar bem consigo mesmo. Pessoas felizes e realizadas são mais bonitas.