AnaMaria
Famosos / Susto

Juliette chora ao relembrar diagnóstico de aneurisma ano passado: “Me despedi”

Ex-BBB Juliette foi diagnosticada com a mesma doença que matou sua irmã

Da Redação Publicado em 09/03/2022, às 12h40

Cenas emocionantes foram exibidas pelo programa ‘Conversa com Bial’ - TV Globo
Cenas emocionantes foram exibidas pelo programa ‘Conversa com Bial’ - TV Globo

Juliette Freire deu detalhes sobre o diagnóstico de um suposto aneurisma cerebral, que recebeu no ano passado, durante o ‘Conversa com Bial’ da última terça-feira (8). Os exames da ex-BBB indicaram a presença do mesmo problema que matou sua irmã Julienne aos 17 anos. Emocionada, a paraibana revelou que chegou a se despedir antes de ir à mesa de cirurgia.

Tudo começou quando uma médica sugeriu que Juliette fizesse um check-up no cérebro após o BBB21. Na época, a mãe da ex-sister estava prestes a ser submetida a uma cirurgia devido um forame no coração - uma das principais motivações da paraibana para buscar o prêmio do reality show.

“No fundo, tinha medo de fazer [os exames] de novo porque tinha a sensação de que podia ser [um aneurisma]. Aí minha mãe fez a cirurgia, ficou super bem e quando ela saiu do quarto eu fui fazer meus exames. Passei uma hora dentro da máquina, recebendo contraste na veia, e na minha cabeça: ‘Sei que chegou a hora e vou saber que tenho um aneurisma, era uma certeza no meu coração que não sabia de onde vinha”, contou ela.

Foi então que os médicos constataram que Juliette tinha um aneurisma exatamente no mesmo lugar que vitimou sua irmã - uma das principais artérias. “Eu tinha certeza de que minha missão tinha sido cumprida, que o propósito era esse”, completou a ex-BBB.

O que tornou o período ainda mais conturbado, segundo a paraibana, é que o diagnóstico veio à tona próximo ao lançamento de seu primeiro EP. Ela relembrou: “Todo mundo festejando e eu engolindo a dor de saber que tinha o mesmo problema que minha mãe e minha irmã (...) Enquanto as pessoas estavam pensando no futuro, eu nem sabia se ia ter”.

ALÍVIO

Os dias de Juliette voltaram a clarear quando ela reuniu uma equipe de neurologistas que ficariam responsáveis pelo tratamento do suposto aneurisma. "Chegando em São Paulo, o médico falou: 'A gente não tem dúvida, é um aneurisma. A gente só quer saber o meio para tratá-lo”.

"Aí, me despedi! Tomei anestesia geral, fui para a mesa de cirurgia já com a certeza de que se terminasse ali estava tudo bem. Fiz minha parte, enfim… Aí acordo e o médico diz: 'Não tinha aneurisma’”, contou a milionária.

Segundo ela, os médicos tinham certeza do diagnóstico. Porém, ao realizarem o cateterismo, perceberam que se tratava de uma formação atípica raríssima - não de um aneurisma. “Eu acredito que foi um milagre, porque minha vida é isso. Vivo de milagres. Estou aqui!", finalizou.