AnaMaria
Famosos / Separação

Kanye West decide acelerar processo de separação de Kim Kardashian

Rapper americano prometeu pôr fim oficialmente ao casamento com a socialite

Da Redação Publicado em 02/03/2022, às 16h00

Kanye West resolve acelerar papéis de divórcio com Kim Kardashian. - Instagram/@kimkardashian/ @kanyewest
Kanye West resolve acelerar papéis de divórcio com Kim Kardashian. - Instagram/@kimkardashian/ @kanyewest

Kanye West decidiu acelerar oficialmente o fim do casamento com Kim Kardashian. Vale lembrar que o rapper está separado da artista há mais de um ano, e que ele chegou a negar o pedido de separação em fevereiro passado.

O rapper americano, que recentemente mudou seu nome para Ye, resolveu tornar seu casamento nulo judicialmente após Kim ter acusado ele de causar “sofrimento emocional”. além de espalhar “desinformação nas mídias sociais”.

Tudo começou quando Kim Kardashian revelou que havia “diferenças irreconciliáveis”, nos documentos legais do ex-casal e que a decisão de Ye de se mudar para Wyoming (EUA) e viver em um local distante dela e de seus quatro filhos, teria sido um dos fatores que culminou na separação.

Kanye West já havia assumido publicamente um novo relacionamento com a modelo Irina Shayk, pouco depois dos rumores da separação com Kim, mas, mesmo assim, o cantor não teria reconhecido o pedido de separação oficial até novembro do ano passado, alegando que “nunca tinha visto os papéis do divórcio”.

Demonstrando o quanto ainda tem esperança de resgatar seu casamento, o rapper fez diversos apelos públicos para que a empresária o aceitasse de volta, mesmo ela também já tendo assumido publicamente o namoro com o ator e comediante Pete Davidson.

Em dezembro de 2021, Kim declarou ao tribunal que o ex não respondeu aos repetidos pedidos solicitados por ela para terminar oficialmente o casamento, fazendo com que ela já se declarasse “legalmente solteira”.

Os artistas também sugeriram que uma audiência deveria ser organizada para que se chegasse a uma solução quanto a partilha de bens.

Contudo, a equipe que está cuidando do caso em nome do rapper, entrou com um pedido no tribunal para impedir que Kim transferisse seus ativos de quaisquer fundos.

CONTA CONJUNTA

Em resposta, Kardashian alegou que o ex-casal teria um acordo pré-nupcial em que mantinha todos fundos e ativos separados do contrato de casamento e a única ligação seria uma conta corrente conjunta, utilizada apenas para custear as despesas de seus filhos.

Além disso, a artista alegou que, se o casamento for encerrado judicialmente, fará com que Ye aceite que a relação terminou, cooperando para que ambos possam ter uma convivência pacífica. 

Ao final, ela ainda acrescentou: “Desejo muito me divorciar. Kanye tem colocado muitas informações erradas sobre nossos assuntos privados e co-parentalidade nas mídias sociais, o que criou sofrimento emocional”.