AnaMaria
Famosos / TENSO

Latino revela que perdeu R$ 30 milhões em apostas de cavalo: ‘‘Queriam me matar’’

Vício levou o cantor a desenvolver depressão e síndrome do pânico nos anos 90

Da Redação Publicado em 16/08/2021, às 09h14 - Atualizado às 09h14

Cantor considera que "jogou no lixo" seus primeiros anos de carreira - Instagram/@latino
Cantor considera que "jogou no lixo" seus primeiros anos de carreira - Instagram/@latino

O cantor Latino abriu o coração ao relembrar um vício em corridas de cavalo que desenvolveu no início da carreira. Em entrevista ao podcast ‘Inteligência Ltda’, o artista revelou já ter perdido cerca de R$ 30 milhões em apostas - chegando a desenvolver depressão, síndrome do pânico e a receber ameaças devido às dívidas. 

"Eu ganhei muito dinheiro de 1992 a 1996. Foi, assim, milhões. Gravei na gringa, enfim... Muito sucesso. Consequentemente, muitas mulheres, shows e filhos. Era muito jovem, não tinha a cabeça que eu tenho hoje e me viciei em corrida de cavalos. Perdi tudo. Por baixo, perdi uns R$ 30 milhões. Apostas altas", afirmou. 

Segundo ele, o vício era tão grande que chegou a cancelar alguns shows para que pudesse ir às corridas de cavalo. Quando seus rendimentos acabaram, Latino passou a vender seus bens e pedir dinheiro a agiotas. "Quebrei, fui ao zero, fiquei devendo a muita gente e não tinha condições de pagar”. 

Em seguida, relembrou: "Foi nessa época que eu tive depressão, síndrome do pânico... Fiquei muito mal. Fiquei devendo agiota e lembro que os caras queriam me matar, caso eu não pagasse. Então eu fiquei muito fora da curva". 

KELLY KEY

Na mesma entrevista, Latino contou que o período de dificuldades coincidiu com o início do relacionamento comKelly Key, em 1997. “Ela estourou, infelizmente a nossa relação não deu certo. Ela seguiu a vida dela e eu continuei quebrado”. 

Vale lembrar que os dois ficaram juntos por 5 anos e são pais de Suzanna. “Fiquei mal, porque aí eu já estava com a carreira em baixa, a menina que eu estava não queria ficar comigo e minha autoestima foi para o saco", destacou.

Para se reerguer, o cantor resolveu lançar um disco com os seus maiores hits de sucesso. Mais tarde, voltou às paradas com a divulgação de ‘Festa no Apê’, nos anos 2000.