AnaMaria
Famosos / Críticas

Leandra Leal critica governo de Jair Bolsonaro: ''Como é que a gente deixou ele ser eleito?''

Conhecida por seu posicionamento político, a atriz comentou o que pensa do atual momento do país

Da Redação Publicado em 27/06/2021, às 09h50 - Atualizado às 09h51

Leandra Leal no 'Altas Horas' - TV Globo
Leandra Leal no 'Altas Horas' - TV Globo

Leandra Leal participou do 'Altas Horas', exibido no último sábado (26), e aproveitou o espaço para criticar o governo de Jair Bolsonarodiante da atual crise sanitária do país. 

Conhecida por sempre se posicionar politicamente e defender causas sociais, a atriz disse que a sociedade precisa analisar de que maneira votou nas eleições de 2018. 

"Olha o que a gente está passando agora. Como é que a gente deixou o Bolsonaro ser eleito presidente?", disparou. "Como? Ele já falava sobre preconceito, ele já destilava o seu ódio, ele já falava sobre homofobia, ele já espalhava fake news", relembrou. 

A atriz ainda citou o editorial do jornal O Estado de S. Paulo, que falava sobre a decisão entre Bolsonaro e Fernando Haddad, que na época era candidato do PT. "Não foi uma escolha difícil. Quem se permitiu achar que era uma escolha difícil relativizou o preconceito, a homofobia, o racismo. Porque tudo isso já estava na fala dele."

Leandra destacou o deboche de Bolsonaro em relação aos infectados com covid-19. "O desprezo que ele tem pelas pessoas agora, a falta de empatia, [a maneira] como ele imita uma pessoa faltando ar... Ele já tinha isso no seu discurso, ele já tinha isso na sua prática."

Leal também deixou um recado importante para as eleições de 2022. "A gente não pode agora ficar desatento a isso, achar que não, que isso é piada. Não é piada, preconceito não é piada. É sério!", ressaltou. 

"Olha o que a gente está passando. A gente está passando por uma pandemia, mas tem inúmeras outras injustiças que a gente pode continuar passando no nosso país. E eu espero muito que essa seja uma lição desse momento. Todos nós precisamos votar com consciência, ouvindo, escutando o que a pessoa que está candidata àquele cargo está dizendo", concluiu a atriz.