AnaMaria
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaSpotify AnaMaria
Notícias / Famosos / CPI do Sertanejo

Leonardo defende Gusttavo Lima e diz que sertanejo não errou ao aceitar cachê milionário

Por outro lado, Leonardo disse que apoia a investigação de irregularidades no uso do dinheiro público

Da Redação Publicado em 07/06/2022, às 13h12

Leonardo disse que não faria show se soubesse que o dinheiro é fruto de desvio de verba pública - Reprodução/Instagram
Leonardo disse que não faria show se soubesse que o dinheiro é fruto de desvio de verba pública - Reprodução/Instagram

O cantor sertanejo Leonardo defendeu Gusttavo Limadas recentes acusações de aceitar ser pago com verba pública, em entrevista à coluna de Leo Dias, do Metrópoles.

O pai de Zé Felipe disse que o colega de trabalho não errou ao aceitar o cachê de R$ 800 mil da Prefeitura de São Luís, em Roraima,já que “o artista vai onde o povo está” e “quem contrata que tem que saber se tem verba para cultura ou não”.

Apesar de defender o colega, Leonardo acredita que a 'CPI do sertanejo' está certa e diz que deveria haver uma investigação a fundo que abranja outros setores do entretenimento também.

"Não acho que tenha uma perseguição aos sertanejos. Dentro da lei, tudo se resolve. A lei tem que ser para todos. A CPI tem que voltar em muitos setores, e não porque artista A ou B falou alguma coisa", opinou.

Leonardo finalizou dizendo o que faria se recebesse uma proposta de cachê pago com dinheiro público: “Se eu souber que tirou verba da saúde, eu não faço show. Isso tudo só está prejudicando o meio artístico. Não tem que ter briga nem de um lado nem de outro, tem que apurar as irregularidades”.

CRITICADO

Sem papas na língua, o âncora do ‘Jornal da Band’, Eduardo Oinegue, falou abertamente sobre o que pensa da polêmica dos cachês milionários envolvendo Gusttavo Lima. Na última terça-feira (31), o jornalista foi direto e reto sobre o choro do cantor sertanejo nas redes sociais.

De início, Eduardo não acusou Gusttavo Lima de receber dinheiro sujo, mas, sim, a atitude do artista em uma live que fez no seu Instagram, onde apareceu chorando. “É importante reafirmar, não há uma única informação que sugira qualquer atitude suspeita do cantor Gusttavo Lima. Desde que o dinheiro seja limpo, ele tem todo o direito fechar contrato com quem quer que seja”, começou o âncora.

Na sequência, ele não perdoou o chororô do cantor. “Agora ele tem que estar preparado pra enfrentar as críticas, não adianta ficar chorando. É prudente receber toda essa fortuna de cidades pequenas? Se acha que sim, aguenta o rojão, e não vem gravar videozinho pagando de bacana não".

"Se acha que não, começa a recusar, pensa que do outro lado assinando um contrato pode ter um prefeito maroto gastando o dinheiro suado da comunidade para te entregar, dinheiro que poderia ser usado na saúde e educação”, finalizou o jornalista da Band.

{# Taboola Newsroom #}