AnaMaria
Famosos / Saudades!

Lima Duarte emociona em homenagem a Tarcísio Meira e Paulo José: ‘‘Já já estou por aí’’

Tarcísio faleceu na última quinta-feira (12) e Paulo se foi na quarta (11)

Da Redação Publicado em 13/08/2021, às 14h35 - Atualizado às 14h36

Lima Duarte publicou um vídeo de quase 8 minutos nas redes sociais - Instagram/@limaduarte
Lima Duarte publicou um vídeo de quase 8 minutos nas redes sociais - Instagram/@limaduarte

Lima Duarte, de 91 anos, foi às redes sociais prestar uma homenagem mais que emocionante aos amigos Tarcísio Meira e Paulo José, falecidos esta semana. O ator publicou um vídeo em que relembra os principais momentos ao lado dos dois atores e exalta o legado dos colegas de profissão para a dramaturgia brasileira. 

"A morte não tem nada de espetacular. Espetacular é a vida, especialmente a desses dois, Paulo José e Tarcísio Meira! Se vai um pedaço fantástico, uma etapa maravilhosa da cultura brasileira. Descansem em paz, queridos amigos, queridos membros da minha vida, membros de mim, pedaços de mim. Sejam felizes!", escreveu na legenda da publicação. 

No vídeo, Lima contou que os primeiros contatos com Paulo José foram nos bastidores do teatro. “Trabalhava no Teatro de Arena em 1961 e estava ensaiando uma peça do Chico de Assis, pessoas lindas do teatro, quando vi um rapaz. Ele tinha chegado do Sul e ficou ali, no teatro, se apaixonou pelas ideias. Eu trabalhava lá quando o Paulo José ficou morando no teatro de arena”, disse. 

Mais tarde, o amigo se apaixonou por Dina Sfat e os dois deixaram a cidade de São Paulo (SP) juntos, rumo ao Rio de Janeiro (RJ). “Começaram na Globo antes de mim”, destacou Lima. 

Sobre Tarcísio, o ator fez menção a alguns dos personagens mais marcantes do amigo e destacou o episódio em que ele mesmo ganhou o Troféu Imprensa. “Eu disse: ‘gente, é injusto esse prêmio. Esse ano, quem deveria ganhar todos os prêmios é o Tarcísio Meira’, pelo seu personagem em Grande Sertão: Veredas. Ele fez esse personagem com umas caras, uma vez, espetacular. E fez também no mesmo ano o Capitão Rodrigo, de “O Tempo e o Vento”. Foi lindo”.

VÃO DEIXAR SAUDADE

Lima Duarte contou que, apesar de terem sido colegas de profissão por muitos anos, ele e Tarcísio haviam se aproximado recentemente. “Ficamos bem amigos agora, no fim dele, e um pouco meu também”, contou emocionado.

Por último, o veterano fez questão de exaltar o legado dos dois atores. "Espetacular foi a vida deles, espetacular em todos os sentidos (...) Lá se vai um pedaço fantástico da cultura brasileira. Eles foram maravilhosos e pautaram a nossa cultura com as suas personalidades e necessidade de busca. Descansem em paz. Já já eu estou por aí".