AnaMaria
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaSpotify AnaMaria

Ludmilla comete gafe e bloqueia Luciano Huck do WhatsApp

Sem saber se era o apresentador, Ludmilla bloqueia contato após receber mensagem

Da Redação Publicado em 28/06/2022, às 14h52

Instagram/ludmilla @lucianohuck
Instagram/ludmilla @lucianohuck

Ludmilla foi às redes sociais nesta terça-feira (28) para contar para os seus seguidores sobre uma bola fora que deu. Por meio de seu Instagram, a cantora falou que bloqueou Luciano Huck de seu WhatsApp.

O motivo era por pensar que era outra pessoa mandando mensagem fingindo ser o apresentador da Globo. "Gente, e eu que bloqueei o Luciano Huck ontem achando que era um fake", disse nos Stories do Instagram.

Nas mensagens enviadas, o marido de Angélica escreveu: "Lud. Luciano H., este número ainda é seu? Fiquei na dúvida". Assim que viu a mensagem, a artista bloqueou o telefone e só desbloqueou após saber que se tratava realmente de Huck.

Ludmilla soube que era Luciano mesmo quando o apresentador a chamou no Instagram para tirar a dúvida sobre seu número de celular. Recebida a mensagem, a cantora respondeu que tinha ido averiguar se era, de fato, o contato do global.

SE REVOLTOU

Ludmilla foi às redes sociais, recentemente, mandar um recado à cantora gospel Bruna Karla. Isso porque a evangélica viralizou ao se posicionar contra o casamento entre pessoas do mesmo sexo, entre outros comentários homofóbicos. A esposa de Brunna Gonçalves fez questão de rebater as falas e explicar que sexualidade não é uma escolha.

"Esse é o tipo de discurso que me embrulha o estômago e me deixa revoltada. Pessoas como ela, que se dizem ‘porta-vozes’ de Deus, descartam e fazem mal às pessoas o tempo inteiro pelo simples fato de elas serem quem elas são!", esbravejou Ludmilla através do Twitter.

Em seguida, a dona do hit ‘Socadona’ questionou: "Quantos de nós vamos precisar morrer gritando que ISSO NÃO É UMA ESCOLHA?! Mais quanto tempo vamos precisar sofrer pelo direito de amar?”

“Amor ao próximo? Que próximo? Respeito? Pra quem? Chega de ódio. Chega de homofobia. Chega de transfobia. Nós imploramos. Chega!", implorou Ludmilla, que revelou que já desconfiava ser bissexual desde os 16 anos.

{# Taboola Newsroom #}