AnaMaria
Famosos / LGBTQ+

Mamma Bruschetta oficializa nome social em documentos: ‘‘Uma mulher como todas!’’

Aos 71 anos, apresentadora explicou que este é um direito de travestis e transexuais

Da Redação Publicado em 24/06/2021, às 10h35 - Atualizado às 10h35

A inclusão foi sugerida em uma ida ao Poupatempo - Instagram/@mammabruschetta
A inclusão foi sugerida em uma ida ao Poupatempo - Instagram/@mammabruschetta

Mamma Bruschetta é conhecida há tantos anos através do nome de sua icônica personagem, que ninguém mais se lembra que a apresentadora começou a carreira, em 1987, como Luiz Henrique. Foi então que, recentemente, ela decidiu alterar o seu RG para o nome social, passando a carregar personalidade feminina integralmente.

Em entrevista ao portal Notícias da TV, Mamma explicou a decisão: "Eu me considero como a Mamma. Uma mulher como todas as pessoas que se veem como mulher (...) Acordo como Mamma, durmo como Mamma, saio na rua como Mamma, trabalho como Mamma. Então, me vejo como Mamma". 

Apesar disso, a mudança nos documentos não foi algo planejado e, sim, uma sugestão de funcionários do Poupatempo. Ao se encaminhar à unidade da Lapa, em São Paulo, para solicitar uma segunda via do RG, os atendentes explicaram à Mamma que o nome social é um direito garantido às pessoas travestis ou transexuais que buscam ser reconhecidas por um nome diferente do recebido ao nascer. 

Animada, a apresentadora disse ter aceitado prontamente à sugestão, ao que explicou: "As pessoas me conhecem como Mamma Bruschetta, e eu adorei o nome social. Basta ir ao Poupatempo e requerer. Hoje é um direito. Foi superfácil e rápido". 

Vale mencionar que, para realizar a mudança, cidadãos maiores de 18 anos devem se encaminhar a uma unidade do Poupatempo e assinar um formulário específico para este propósito. Feito isso, também é possível incluir o nome social em outros documentos, como cartões de banco - assim como fez Mamma Bruschetta.