AnaMaria
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaSpotify AnaMaria

Mara Maravilha se posiciona sobre polêmicas com verba pública: "Nunca mamei na teta da lei Rouanet”

Após escândalos envolvendo artistas como Gusttavo Lima, Mara Maravilha diz o que pensa

Da Redação Publicado em 09/06/2022, às 13h55

Mara Maravilha alfineta Gusttavo Lima durante entrevista em podcast - SBT e Instagram/@gusttavolima
Mara Maravilha alfineta Gusttavo Lima durante entrevista em podcast - SBT e Instagram/@gusttavolima

As críticas ao Gusttavo Lima não param! Dessa vez, Mara Maravilha foi quem aproveitou o momento para expressar sua opinião sobre as polêmicas envolvendo os cachês milionários que o cantor recebeu de verba pública.

Em entrevista ao podcast 011, a apresentadora abordou a necessidade dos artistas entenderem a realidade do Brasil, citando, por exemplo, as fortes chuvas que assolaram a região Nordeste recentemente.

"Cadê os artistas que ganham milhões? Eu não estou defendendo a Anitta, mas ela mesma falou: 'Peguei alguma verba da Rouanet? Não, então estou fora dessa lista'. No dos outros é refresco. É muito legal ser popstar por uma ou duas décadas. Mas e o nosso país?", deu início.

Na sequência, sem dizer explicitamente, citou o bafafá todo envolvendo Gusttavo Lima: "A cidade sem estrutura de saneamento, segurança, saúde e educação vai lá e paga mais de um milhão por um show? Onde está o valor da nossa arte? Da essência do artista?".

Mara Maravilha ainda deu uma cutucada nos artistas que se beneficiam do dinheiro público: "Não estou falando que a gente não tem que ganhar bem, mas tem que ter critério. Eu não devo nada a ninguém e nunca mamei na teta da lei Rouanet", finalizou.

ENTENDA A POLÊMICA

O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) abriu uma investigação sobre o desvio de verba pública para custear o show de Gusttavo Lima em Conceição do Mato Dentro, sob o cachê de R$ 1,2 milhão.

Segundo a Folha de S.Paulo, o dinheiro entregue ao Embaixador veio de um tributo pago por mineradoras ao governo federal, a Compensação Financeira pela Exploração Mineral (CFEM) - que deve ser utilizada para melhorias infraestrutura, qualidade ambiental, saúde e educação da cidade.

Recentemente, Gusttavo também foi alvo de denúncias por um cachê de R$ 800 mil oferecido pela prefeitura de São Luiz (RR). O caso também está sendo investigado.

{# Taboola Newsroom #}