famosos   / Polêmica

Maria Clara Gueiros defende Dani Calabresa após reportagem e afirma ser testemunha

Atriz quebra o silêncio e revela apoio à amiga desde o princípio: "O tempo todo de mão dada com ela"

Da Redação Publicado sexta 4 dezembro, 2020

Atriz quebra o silêncio e revela apoio à amiga desde o princípio:
Maria Clara Gueiros defende Dani Calabresa após reportagem e afirma ser testemunha - Reprodução/Instagram

Maria Clara Gueiros decidiu falar publicamente sobre as supostas acusações de assédio sexual contra Marcius Melhem, publicadas na edição de dezembro da revista Piauí e apoiar Dani Calabresa.

A humorista usou seu perfil no Instagram para contar que sempre esteve ao lado da amiga na tentativa de levar o caso às instâncias superiores da TV Globo. De acordo com a reportagem, inclusive, Maria Clara presenciou o momento em que Melhem supostamente tentou se aproximar de Calabresa nos Estúdios Globo, apenas três dias após ele ter agarrado-a e exposto suas partes íntimas para a atriz. 

Na ocasião, Maria teria pedido para Marcius deixar a colega em paz. "Estou ao lado da Dani desde o princípio. Nossa luta foi incansável e construída com parcimônia e coragem. Fui testemunha do que ela passou e tenho muito orgulho de fazer parte da construção de tempos melhores. Erguemos uma estrutura de amizade, confiança e proatividade nesse último ano e conseguimos nos fazer ouvir", contou.

Por fim, finalizou: "Pros desavisados que me xingam dizendo que eu não ajudei a Dani, quero avisar que estive o tempo todo de mão dada com ela. Neguei que fiz uma denúncia de assédio moral em dezembro do ano passado, pois realmente não fiz, e isso é um fato. O resto todo é parceria, apoio, coragem e trabalho. Te amo, Dani."

ENTENDA
A revista Piauí soltou uma reportagem no início de dezembro revelando detalhes da investigação interna envolvendo as acusações de assédio contra Marcius Melhem, baseados nos relatos de 43 pessoas diretamente envolvidas no caso.

Segundo a publicação, ele teria tido comportamentos abusivos, tanto no âmbito moral quanto no sexual, contra algumas atrizes do núcleo humorístico da Globo, que na época era chefiado por ele.

O caso que mais chama a atenção envolve Dani Calabresa. De acordo com relatos, que foram levados para a direção da emissora, Marcius teria agarrado a atriz e mostrado sua genitália no banheiro de um bar em Botafogo, no Rio de Janeiro, no dia 5 de novembro de 2017, quando a equipe comemorava o centésimo episódio do programa ‘Zorra’. 

Após o ocorrido, aconteceram ainda outros episódios que chegaram a ser avaliados pelo setor de compliance da emissora. Marcius Melhem, vale lembrar, foi oficialmente desligado de suas funções na Rede Globo em agosto passado. 

O humorista, que trabalhava na emissora há 17 anos, estava de licença desde março oficialmente para acompanhar o tratamento de saúde da filha no exterior.

"NÃO TOLERA ABUSOS"
Por conta da reportagem da Revista Piauí, a TV Globo emitiu um comunicado oficial a respeito das denúncias de assédio sexual contra Marcius Melhem, que além de atuar em produções, também era diretor da área de comédia do canal. Na nota, que foi publicada pelo portal UOL, a emissora afirma que é contrária à qualquer tipo de assédio.

"A Globo não comenta questões de compliance, mas reafirma que todo relato de assédio, moral ou sexual, é apurado criteriosamente assim que a empresa toma conhecimento. A Globo não tolera comportamentos abusivos em suas equipes e incentiva que qualquer abuso seja denunciado. Neste sentido, mantém um canal aberto para denúncias de violação às regras do Código de Ética do Grupo Globo. Por esse Código, assumimos o compromisso de sigilo do processo, assim como o de investigar, não fazer comentários sobre as apurações e tomar as medidas cabíveis, que podem ir de uma advertência até o desligamento do colaborador [...]", afirmaram. 

Último acesso: 18 Sep 2021 - 17:25:39 (1132712).