AnaMaria
Famosos / saúde mental

Marília Mendonça desabafa sobre crise de ansiedade: ''Tentei de tudo''

A cantora aproveitou o espaço nas redes sociais para detalhar o momento

Da Redação Publicado em 03/12/2020, às 13h13 - Atualizado em 09/12/2020, às 10h10

A cantora falou sobre a doença - Instagram/@mariliamendoncacantora
A cantora falou sobre a doença - Instagram/@mariliamendoncacantora

MaríliaMendonçafoi às redes sociais, na última quarta-feira (2), para contar aos seguidores que sofreu uma crise de ansiedade nos últimos dias. Em seu Twitter oficial, a cantora detalhou como foi o momento

"Anteontem me deu uma crise de ansiedade danada. Fiquei andando de um lado para o outro da casa. Não consegui me concentrar em nada que me propus a fazer. Tentei o curso de inglês, o de espanhol, o de culinária (que, inclusive, virou fuga nesses tempos), o de italiano... tentei de tudo. Tentei ouvir música, tentei ouvir lançamento, tentei ouvir coisa antiga, tentei pegar o violão. Liguei a TV, tentei assistir minha serei favorita, tentei assistir meu canal de culinária. Nada me tirava da cabeça que eu estava estagnada, estática no mesmo lugar e não tenho para aonde ir", começou ela. 

A Rainha da Sofrência explicou que as crises se intensificaram durante a pandemia, por conta das mudanças no cenário artístico. Mas, ao ver os colegas de profissão reformulando o mercado, conseguiu seguir seu caminho.

"Assim como meus colegas da música tem se sentido, por várias vezes e cada vez mais, nesse período sinistro. No começo, parecia um descanso, uma fuga, um jeito de dar uma respirada, passageiro. Poxa, até que precisávamos desse tempo para o nosso processo criativo. Depois, o tempo foi ficando longo, vi muita gente crescer, vi colegas mudarem o mercado, como o GusttavoLima, com a primeira live naquele formato, que movimentou o mercado da música mundial... isso me deu muito orgulho! Respirei fundo e encontrei forças para seguir o caminho", continuou.

No entanto, momentos difíceis voltaram por conta da flexibilização da quarentena, que permitiu, em alguns estados do Brasil, a volta de shows presenciais. 

"Depois, como tudo que deixa de ser novidade, as lives caíram a audiência, não serviam mais para entretenimento, as pessoas já não tinham mais tanto receio, quem tinha parado de trabalhar, voltou. E não precisavam mais da transmissão ao vivo para se divertirem ou aliviarem a tensão do medo do novo. De novo, me vi sentada olhando para o nada. Tão grata por ter visto o primeiro ano do meu filho, grata por esse vírus não ter atingido a minha família, grata por não ter faltado o alimento, a saúde, a vida... e me sentindo ingrata por não sentir felicidade plena longe de umas das coisas que mais amo", desabafou.

Para concluir, Marília contou que receber a notícia de que é uma das artistas mais escutadas nas plataformas de música foi um divisor de águas.

"Ontem me deparei com a notícia de ser a mais ouvida nas maiores plataformas, de ter um clipe como o mais visto do YouTube e nem sabia o que dizer. Eu me calei para entender que quando é feito com amor, não é substituível... e que isso é perceptível ao público. Disse para mim mesma com muito carinho: não tá sendo fácil pra ninguém, pequena. Você não está atrasada. O mundo atrasou. Respira. Quando tudo voltar, as pessoas que te amam vão estar lá, o seu lugar continua lá. Agradeça e viva.. por isso, MUITO OBRIGADA POR TUDO!", finalizou.