AnaMaria
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaSpotify AnaMaria
Notícias / Famosos / Projeto novo

Marília Mendonça, Maiara e Maraísa lançam música sobre violência contra mulher

Projeto foi divulgado logo após as agressões do DJ Ivis à esposa

Da Redação Publicado em 13/07/2021, às 11h18 - Atualizado às 11h19

Dupla Maiara e Maraísa com Marília Mendonça - Reprodução/YouTube
Dupla Maiara e Maraísa com Marília Mendonça - Reprodução/YouTube

Marília Mendonçae a dupla Maiara e Maraísa resolveram lançar uma música sobre violência contra mulher, na última segunda-feira (12). O projeto foi divulgado como forma de manifestação após a repercussão das agressões do DJ Ivis à ex-mulher Pamella Holanda

No Instagram, Marília compartilhou um trecho da canção e afirmou que faz parte do repertório da próxima live que elas farão juntas. "É uma das músicas que está selecionada há alguns meses. No dia que escutamos ela, choramos as três", disse na legenda da publicação.

Em seguida, ela contou que havia um projeto especial para a canção sobre a importância de denunciar agressões contra mulher. "Justamente por saber que somos referências para muitas mulheres no Brasil, que passam todos os dias por situações parecidas e por muitas vezes se sentem desencorajadas a denunciar", continuou.

A sertaneja, no entanto, ressaltou: "Não deu pra esperar. Não temos mais tempo. Estamos aqui com você. LIGUE 180 e denuncie! VOCÊ NÃO ESTÁ SOZINHA!", escreveu. 

A publicação já tem mais de 3 milhões de visualizações e diversos comentários do público. Na letra da música, as cantoras falam de uma mulher que está se libertando de um relacionamento abusivo e violento com agressões psicológicas e físicas.

INDIGNAÇÃO
Marília também se mostrou indignada com o número de seguidores que DJ Ivis ganhou após as imagens em que aparece agredindo a ex-esposa. 

Por meio dos stories do Instagram, a cantora deixou claro que não quer compartilhar seguidores com Ivis: "Se você é meu seguidor, acompanha meu trabalho, conhece a minha luta e está começando a seguir aquele agressor agora, eu te convido, de verdade, a se retirar das minhas redes sociais e parar de me seguir", pediu.

Vale lembrar que o produtor musical ganhou mais de 100 mil seguidores em seu perfil do Instagram, após o caso vir à tona.

"Não tem sentido nenhum, só colocar a mão na consciência, vocês estão crescendo a rede social de um cara que nem solto deveria estar, depois de tudo que a gente viu, quem dirá falando abertamente para milhões de pessoas.", concluiu.

{# Taboola Newsroom #}