AnaMaria
Famosos / Eleições

Mark Ruffalo faz campanha para jovens brasileiros tirarem título de eleitor: "Seu voto é seu poder"

Mark Ruffalo, ator de Hollywood, já havia se interessando pelas eleições brasileiras

Da Redação Publicado em 26/04/2022, às 17h45

Mark Ruffalo sempre incentiva jovens brasileiros a votarem - Reprodução/Marvel Studios
Mark Ruffalo sempre incentiva jovens brasileiros a votarem - Reprodução/Marvel Studios

Mark Ruffalo, conhecido por interpretar Hulk em 'Vingadores', da Marvel, provou que está antenado nas eleições brasileiras. Após fazer campanhas para evitar a reeleição de Jair Bolsonaro, o ator decidiu falar novamente sobre o assunto - desta vez, acerca do título de eleitor.

Nesta terça-feira (26), o astro usou seu perfil oficial no Twitter para incentivar os jovens brasileiros a tirarem ou regularizarem o documento, de modo que estejam aptos para votar nas eleições presidenciais, em outubro deste ano.

“Olá, amigos do Brasil! Se você tem 16 ou 17 anos, certifique-se de fazer seu registro para votar antes do prazo de 4 de maio. O que acontece no Brasil afeta todos nós. Seu voto é seu poder. Use seu poder!”, escreveu.

Na postagem, Mark ainda acrescentou a hashtag "tira o título hoje" e citou a campanha 'Olha o Barulhinho', que compila informações sobre a solicitação do documento e a importância das eleições para os mais jovens.

Vale ressaltar que o procedimento para providenciar o título de eleitor pode ser realizado pela internet, por meio do Título Net, no Portal do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). É necessário anexar documento oficial com foto, comprovante de residência, comprovante de pagamento de débito com a Justiça Eleitoral e comprovante de quitação do serviço militar.

Veja:

INCENTIVO AOS JOVENS

Essa não foi a primeira vez que Mark Ruffalo incentivou os jovens brasileiros a tirarem o título de eleitor e participarem das eleições. Isso porque, em março deste ano, o ator seguiu o exemplo de Anitta e fez um apelo aos adolescentes para tirarem o título de eleitor e votarem contra Jair Bolsonaro.

"Em 2020, os americanos só derrotaram Donald Trump porque os eleitores recordes usaram seus direitos democráticos, especialmente os jovens. Para derrotar Bolsonaro, brasileiros de 16 e 17 anos, devem se registrar para votar nas próximas eleições. Eles têm até 4 de maio para fazer isso", escreveu Mark no Twitter.

O ator ainda compartilhou a publicação de Anitta, que ressaltou que jovens que farão 16 ou 17 anos até 2 de outubro podem tirar o documento online e sem a necessidade de biometria. Essa faixa etária não é obrigada a votar, mas já pode exercer o direito.