AnaMaria
Famosos / Romântico!

Mateus Solano busca a esposa no hospital com buquê de flores: ''Meu príncipe''

Paula Braun está hospitalizada e segue se recuperando de uma cirurgia

Da Redação Publicado em 10/08/2021, às 13h28 - Atualizado às 13h28

Mateus Solano à espera da esposa, Paulo Braun - Instagram/@paulabraunoficial
Mateus Solano à espera da esposa, Paulo Braun - Instagram/@paulabraunoficial

Paula Braun, esposa de Mateus Solano, começou o dia com uma surpresa para lá de especial! Isso porque, nesta terça-feira (10), o ator foi buscá-la no hospital - onde segue se recuperando de uma cirurgia - com um belíssimo buquê de flores coloridas. 

"Meu príncipe me buscando no hospital. Te amo. Obrigada por todo o apoio, companheirismo, alegria de viver. Gosto demais de viver contigo. Obrigada por se transformar a cada dia em alguém melhor, Mateus", escreveu ela no registro em que o famoso aparece sorridente e encostado no carro. 

Apesar de não revelar o procedimento realizado, Paula tranquilizou os seguidores: "Recuperando da cirurgia que já, já conto para vocês. Estou viva! Deu tudo certo". 

Vale lembrar que os dois são casados há 13 anos e têm dois filhos juntos: Flora, de 10 anos, e Benjamin, de 6. 

VACINA

Mateus Solano é mais um dos parcialmente imunizados contra a covid-19! O ator recebeu a primeira dose da vacina recentemente e publicou um relato em defesa do Sistema Único de Saúde (SUS) nas redes sociais.

Em seu feed no Instagram, o artista publicou um registro segurando um cartaz com os dizeres ‘Eu amo o SUS’, em estilo de grafite, e seu comprovante de vacinação. Ao fundo, é possível ver dezenas de papéis com inscrições de ‘Viva o SUS’, ‘Vacina Sim’ e ‘SUS: apoie, defenda e proteja’.

Na legenda, o famoso agradeceu aos profissionais de saúde e pediu a punição de quem interferiu na negociação das vacinas, impedindo que elas chegassem mais cedo a população. "Obrigado a Yasmin (que me aplicou) e a todos os profissionais de saúde que cortam um dobrado na linha de frente contra esse vírus. Muito grato por termos um Sistema Único de Saúde que precisa ser muito mais valorizado", escreveu.

"E punição severa para todos os responsáveis por de alguma forma impedir que a vacina chegasse o quanto antes ao povo brasileiro", finalizou.