AnaMaria
Famosos / DEU RUIM!

Michel Teló é acionado na Justiça após não pagar indenização, diz colunista

Dívida é referente à época que o cantor fez parte do grupo Tradição

Da Redação Publicado em 30/11/2021, às 12h23 - Atualizado em 01/12/2021, às 12h45

Dívida teria passado de R$ 30 mil para R$ 133 mil - Instagram/@micheltelo
Dívida teria passado de R$ 30 mil para R$ 133 mil - Instagram/@micheltelo

Michel Teló teria sido acionado na Justiça do Mato Grosso do Sul devido à inadimplência de uma indenização aos herdeiros da música ‘Pé de Cedro’. O caso seria referente à época que o sertanejo era vocalista do grupo Tradição e, com as devidas correções ao longo dos anos, passou de R$ 30 mil para R$ 133 mil. 

Segundo informações da coluna de Fábia Oliveira, do portal Em Off, a briga judicial foi vencida por Hilger Coutinho da Silva e Ilda Alves da Silva em 2012. Entretanto, os dois permaneceriam até hoje sem receber o dinheiro. 

O motivo do suposto processo é que, durante a gravação de um CD e um DVD em 2005, o grupo Tradição alterou a letra de uma música sem a devida autorização dos compositores. O trecho que dizia “no meu último repouso na cidade de Coxim” foi mudado para “no meu último repouso na cidade de Campo Grande”. 

Essa mudança teria desapontado os responsáveis pela obra, que acionaram a Justiça para o pagamento da indenização e venceram. Os sócios do grupo Tradição, incluindo Michel Teló, estariam correndo o risco de ter seus bens penhorados em caso de recusa ou não pagamento da suposta dívida. 

O dono do hit ‘O Tempo Não Espera Ninguém’ seria mencionado em um dos trechos da ação: “Seja a ação julgada procedente, desconsiderando a personalidade jurídica, intimando-se os sócios-proprietários da empresa [Tradição Representações Artísticas] na pessoa do senhor Michel Teló”. Além de Teló, Luis Gustavo Garcia e Wagner Braga Hildebrand são os outros dois sócios do Tradição supostamente intimados. 

NÃO SÃO VERDADEIRAS
Por meio de nota oficial, a assessoria de imprensa do cantor Michel Teló informou que a notícia dada por Fábia Oliveira não é verdadeira.

"Com base ne sentença proferida em 23.04.2019, processo 1401348-97.2019.8.12.0000, já transitada em julgado, Michel Teló foi considerado inocente e teve declarada a ausência de obrigação de pagar quaisquer valores aos reclamantes", ressaltaram.