AnaMaria
Famosos / PANDEMIA

Morre ator Edson Montenegro, conhecido por papel em ‘Cidade de Deus’

O artista de 63 anos foi mais uma das vítimas da Covid-19

Da Redação Publicado em 22/03/2021, às 13h27 - Atualizado às 13h28

O ator recebeu homenagens dos amigos e familiares - Instagram/@edsonmontenegro
O ator recebeu homenagens dos amigos e familiares - Instagram/@edsonmontenegro

Edson Montenegro, de 63 anos, morreu no último domingo (21) devido a complicações da Covid-19. O ator conquistou notoriedade pelas participações em ‘Cidade de Deus’, ‘Dona Flor e Seus Dois Maridos’ e ‘Apocalipse’. As informações foram confirmadas pela filha do artista, Juliana Tavares.

O eterno Dito, de ‘Cidade de Deus’, estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital em São Paulo, quando apresentou piora no quadro e precisou ser sedado e intubado. Na ocasião, outro filho do ator, Leonardo Tavares, afirmou que o pai deu entrada no hospital já em estágio avançado da doença - com 55% dos pulmões comprometidos. 

"Eles explicaram que isso é apenas um número. Chega gente com 15% do pulmão comprometido e acaba não resistindo. Eles também passaram que tiveram que entubar porque ele é muito ansioso, e isso estava prejudicando o efeito dos remédios", afirmou Leonardo, em entrevista à coluna da Patrícia Kogut, do jornal O Globo. 

Entretanto, Edson Montenegro não resistiu e se tornou mais uma entre as milhares vítimas da Covid-19. "Meu pai descansou. Em nome de toda a família, obrigado por toda a corrente do bem em oração e toda energia positiva que emanaram", escreveu Juliana ao anunciar a perda. 

LUTO

O ator recebeu homenagens póstumas de diversos amigos e colegas de trabalho da televisão e teatro brasileiros. Um dos relatos mais emocionantes foi o de Miguel Falabella, que trabalhou ao lado de Montenegro na peça ‘Donna Summer’. 

“Meu muito querido Edson, o domingo amanheceu triste com sua passagem. Lembro de sua alegria quando começamos os ensaios de Donna Summer, o musical, e você me disse, carinhosamente, que estava muito feliz porque sempre teve vontade de trabalharmos juntos. Que pena que nosso espetáculo mal chegou a ver a luz antes de ser interrompido por essa pandemia (...) Que os anjos estejam a postos para recebê-lo, meu querido! Siga em direção à luz! Saudades!”, escreveu o diretor. 

Taís Araujo também prestou suas condolências ao amigo. "Edson era doce, das pessoas mais doces que conheci nessa vida. Não lido bem com perdas, mas saúdo os que passaram pela minha vida, mesmo que rapidamente e me ensinaram algo. Vai deixar saudades de sua doçura num mundo que anda tão amargo. Obrigada, Edson", publicou a atriz. 

"Mais um grande amigo que perdemos para esse vírus . Agora você vai brilhar em outros palcos. Talvez estejam precisando de luz e alegria em outras dimensões para iluminar os seres nesses tempos tão desafiadores. Vai com Deus. A gente se encontra nas projeções astrais. Foi lindo ser sua filha por alguns meses", afirmou Jeniffer Nascimento, ao relembrar trabalho juntos.