AnaMaria
Famosos / Pandemia

''Muitas dessas mortes poderiam ter sido evitadas'', lamenta Fátima Bernardes ao falar de Paulo Gustavo

De acordo com a CPI da Covid, o governo recusou 11 vezes ofertas para compras de vacina

Da Redação Publicado em 05/05/2021, às 12h23 - Atualizado às 12h38

Fátima Bernardes no 'Encontro' desta quarta-feira (5) - Globo
Fátima Bernardes no 'Encontro' desta quarta-feira (5) - Globo

O programa 'Encontro' (TV Globo) desta quarta-feira (5) foi dedicado a Paulo Gustavo, que faleceu na noite de terça-feira (4), vítima de complicações da Covid-19.

Ao falar sobre a morte do humorista, Fátima Bernardesse emocionou. "Era para ser um 'Encontro' feliz hoje, para falarmos desse fenômeno que foi a Juliette, campeã do 'BBB 21'. Mas a vida está aí para surpreender a gente para o bem e para o mal, e então nós resolvemos abrir espaço aqui hoje para homenagear o genial, o querido Paulo Gustavo", disse ela na abertura da atração.

A apresentadora também fez uma crítica à administração do governo brasileiro durante a pandemia de Covid-19 e citou que a morte de Paulo, assim como a de outros brasileiros, poderia ter sido evitada. 

"Tem sido muito difícil ver a morte de tantos brasileiros. E quando a perda é muito próxima, ela reascende a dor de todas as outras mortes. Hoje é um dia de luto pelo Paulo Gustavo, mas também por todos os outros que se foram por conta dessa doença terrível que é a Covid-19. E pela forma como essa pandemia vem sendo administrada, infelizmente, aqui no nosso país. Dói muito saber que muitas pessoas, muitas dessas mortes poderiam ter sido evitadas. Cadê a vacina, o respeito ao distanciamento, ao uso de máscara? Cadê uma campanha forte e firme de alerta e informação da população?", disse

Vale lembrar que, de acordo com a CPI da Covid, o governo recusou 11 vezes ofertas para compras de vacina, que poderiam ter agilizado a vacinação da população brasileira.