AnaMaria
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaSpotify AnaMaria

Mulher de Juliano Cazarré sobre alta da filha da UTI: ''Precisamos continuar rezando''

Menina ficou internada na Unidade de Terapia Intensiva por 24 dias; agora ela segue para recuperação no quarto de hospital

Da redação Publicado em 16/07/2022, às 08h45

Letícia Cazarré e a filha caçula Maria Guilhermina - Instagram/@leticiacazarre
Letícia Cazarré e a filha caçula Maria Guilhermina - Instagram/@leticiacazarre

A mulher de Juliano Cazarré, Letícia Cazarré, também celebrou a conquista da filha caçula, Maria Guilhermina, de ter alta da UTI, na última sexta-feira (15). Nas redes sociais, ela fez questão de comemorar, mas ressaltar que a menina continuará hospitalizada.

"Hoje foi o grande dia! Maria Guilhermina recebeu alta da UTI para o quarto, graças a Deus! Vamos continuar internadas no hospital, em observação, e precisamos continuar rezando para que ela fique bem e ganhe peso logo. Conto com vocês", começou ela.

Além disso, Letícia contou que os últimos 24 dias foram de altos e baixos. "Sofremos e comemoramos na mesma medida. Ela foi a grande estrela brilhante que guiou nossas preces na escuridão. Ver a força da nossa pequena nos deu ânimo em todos os momentos", acrescentou.

Para completar, ela fez um agradecimento especial à equipe médica e ressaltou a importância dos profissionais de saúde. "Não posso deixar de falar dos médicos e médicas, enfermeiras, técnicas, fisioterapeutas, que dedicam seus talentos a salvar vidas tão preciosas, dia e noite, muitas vezes sem descanso. Não medem esforços, sacrificam muitas vezes suas próprias vidas pessoais e dão tudo de si para não perder um desses pequeninos."

"Depois de conviver com eles, todos os outros trabalhos do mundo parecem não ter tanta importância… deve ter sido mais ou menos isso o que Cristo quis dizer com "Ninguém tem maior amor do que aquele que dá a sua vida pelos seus amigos". Minha gratidão eterna a cada um dos nossos médicos e equipes da UTI neonatal. Nos vemos na próxima cirurgia", completou.

Maria Guilhermina nasceu com um problema cardíaco conhecido como Anomalia de Ebstein, uma doença congênita rara. Trata-se de uma má formação da válvula tricúspide, que está à direita do coração e é responsável por levar sangue para o pulmão, oxigenando-o. Quando há uma deficiência nessa válvula, há uma baixa oxigenação do sangue, caracterizando o quadro.

O PAPAI

Mais cedo, Juliano também celebrou a alta da UTI da caçula. "Graças ao bom Deus, à intercessão poderosa da Virgem Maria e de São José, à todas as orações, terços e missas e orações que vocês têm dedicado a Maria Guilhermina, nossa pequenina e a Letícia foram para o quarto do hospital, mas saíram da UTI", disse ele.

O ator chegou a ficar alguns dias afastado das gravações do remake da novela 'Pantanal' para se dedicar aos cuidados com Maria Guilhermina logo após o nascimento.