AnaMaria
Famosos / TENSO

Nanda Costa desabafa sobre complicações no parto das gêmeas: ‘‘Desafiador e intenso’’

Kim e Tiê, filhas de Nanda Costa e Lan Lahn, completaram o primeiro mês de vida na última sexta-feira (19)

Da Redação Publicado em 20/11/2021, às 16h22 - Atualizado às 16h23

Nanda Costa fez duas publicações no Instagram sobre o assunto - Instagram/@nandacosta
Nanda Costa fez duas publicações no Instagram sobre o assunto - Instagram/@nandacosta

Nanda Costa e Lan Lahn celebraram, na última sexta-feira (19), o primeiro mês de vida das gêmeas Kim e Tiê. A atriz aproveitou a data para compartilhar registros inéditos do parto e fazer um longo desabafo sobre as dificuldades enfrentadas na ocasião. Segundo ela, as filhas nasceram prematuras devido a uma pré-eclâmpsia e uma delas teve que passar duas semanas na UTI. 

“Ontem fez um mês que nascemos! Sem dúvida é o momento mais desafiador e intenso da minha vida. Tive uma gravidez tranquila, nunca me senti tão bem em toda minha vida. Mas, de repente, minha pressão subiu, meus rins começaram a parar e, com 35 semanas e 3 dias de gestação, precisamos antecipar o parto. Pré-eclâmpsia!”, começou através do Instagram. 

O tempo de gestação fez com que Kim nascesse pesando menos do que o esperado, com 1,815 Kg. Por isso, a menina foi encaminhada à UTI para que pudesse ganhar peso. A recomendação médica foi que a recém-nascida só seria liberada quando atingisse 2 Kgs. 

Por sua vez, Tiê nasceu saudável, com 2,220 Kgs, e pode ir direto para o quarto com as mães. “Nasci mãe no susto e ‘padecer no paraíso’ nunca fez tanto sentido. Tive que me dividir entre quarto, UTI e passagens pelo lactário para tirar leite e alimentar a pequena Kim”, continuou Nanda. 

A saúde da atriz também demandou cuidados médicos, especialmente para o controle da pressão. “O hospital/maternidade está em obra e, dois dias depois do parto, entre essas idas e vindas, fiquei presa no elevador, o que aumentou ainda mais a minha pressão e potencializou meu puerpério”. 

Nanda Costa e Tiê receberam alta cinco dias após o nascimento, enquanto Kim teve que permanecer internada durante duas semanas. De acordo com a atriz, a menina ganhava peso alguns dias e perdia em outros, chegando aos 1,600 Kg. 

“Cada grama era muito comemorada, muito mesmo. Dias de muita chuva e muito choro no Rio de Janeiro, mas, como a Lan sempre diz, ‘um barco não navega sem tempestade’. Até que no primeiro dia de sol, ela veio pra casa e reencontrou a irmã depois de duas semanas. Foi mágico e, talvez, o melhor dia dos últimos 30”, relatou.

Ao fim do relato, Nanda não poupou agradecimentos à equipe médica, à esposa e a todos em sua rede de apoio. A artista também destacou a importância de não compartilhar apenas os momentos felizes nas redes sociais, mas também as dificuldades. 

“Mesmo sabendo que seria assim, faria tudo de novo pra receber a benção que é ter Kim e Tiê nas nossas vidas (...) Obrigada Lan, havia de ser com você, só tinha de ser com você! Te amo pra sempre. Para todas as mães e puérperas, o meu melhor abraço! Estamos juntas. Ah, e as meninas estão super bem e gordinhas, amém”, concluiu. 

Confira: