AnaMaria
Famosos / Famosos

Negra Li fala do irmão encontrado morto em SP: ''Nunca achei que fosse acontecer''

A cantora explicou que, na época, a polícia levantou suspeita de execução

Da Redação Publicado em 29/10/2020, às 13h36 - Atualizado às 13h37

A cantora Negra Li - Instagram/@negrali
A cantora Negra Li - Instagram/@negrali

Negra Li se emocionou ao relembrar a morte de seu irmão, Gilson Francisco de Carvalho, de 41 ano. Em 2014, seu corpo foi encontrado em um campo de futebol na Brasilândia (SP), vítima de dois tiros na cabeça. Na conversa para o canal de Rafa Brites, ela desabafou.

“Vivi coisas que a gente via na televisão e nunca acha que vai acontecer com a gente, sabe? Eu falei: ‘Acabou. Minha família acabou. Minha mãe não vai querer mais viver. Se eu estou sentindo essa dor, imagina ela sendo mãe dele’. É uma dor que a gente pensa que nunca mais vai ser feliz. Acha que vai perder o brilho, estar sempre triste, para baixo”, lamentou a cantora.

Depois da perda, Li disse que teve vários sonhos com o irmão, e cada um deles foi importante para que superasse a dor.

“Meu irmão era doente. O laudo deu que ele se suicidou, e ele já tinha tentado algumas vezes. Tenho a certeza de que ele cumpriu o que tinha que cumprir porque ele teve uma doença. Minha família teve muitas pessoas que sofreram disso, de depressão. E o que veio para destruir, veio para unir”, destacou.

“Não quero romantizar o que aconteceu com o meu irmão, como se tipo assim: ‘Se fizer isso, tudo bem porque cada um tem o seu lugar’. É preferível que você se cure, que preserve a sua vida”, completou Negra. Brites reforçou a existência do número do Centro de Valorização da Vida (CVV), o disque 188.