AnaMaria
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaSpotify AnaMaria

“Nem choro mais, estou conformado”, afirma Tiago Leifert sobre câncer da filha

Lua, filha de Tiago Leifert e Daiana Garbin, foi diagnosticada com um câncer raríssimo

Da redação Publicado em 06/06/2022, às 10h16

Apresentador comentou o assunto em entrevista ao podcast ‘Cara a Tapa’ - YouTube
Apresentador comentou o assunto em entrevista ao podcast ‘Cara a Tapa’ - YouTube

Tiago Leifert abriu o coração sobre o diagnóstico de Lua Leifert de um câncer raríssimo nos olhos. Em entrevista ao podcast ‘Cara a Tapa’, o apresentador afirmou que aprendeu a lidar com a tristeza de outra forma com o passar dos meses e trouxe atualizações sobre o estado de saúde da pequena, de apenas um ano. 

"Pessoalmente, o que me ensinou foi ansiedade. Era uma pessoa muito mais ansiosa e o câncer é uma master class em calma. Porque você não enxerga nada além de um mês. E os médicos falam isso para você, dia a dia, exame a exame", declarou ele.

Segundo Leifert, ele e a esposa Daiana Garbinsó conseguiram falar sobre a doença ao público quando estavam preparados. "Demorei para falar no assunto porque não tinha condição. Hoje eu tenho condição, nem choro mais”.

“Estou totalmente conformado e a gente está na batalha, na luta. E é muito mais uma coisa de 'vamos para o pau' do que ficar 'por que aconteceu isso comigo?'", continuou o ex-comandante do BBB.

Por fim, o pai de Lua afirmou que ela está reagindo bem aos tratamentos. "Está andando, falando tudo, fala para caramba, cheia de dentes. Ela é muito forte: a menina toma anestesia, o médico liga e pergunta como ela está e eu digo: 'está pulando aqui. Matou um prato de macarrão e está pulando no sofá'”, disse.

Confira a entrevista completa:

ATUALIZAÇÕES

Tiago Leifert e Daiana Garbin gravaram um novo vídeo, há exatamente um mês, para atualizar o público sobre o estado de saúde de Lua. Os dois afirmaram que a menina segue firme no tratamento após sete meses do diagnóstico do retinoblastoma.

“Agora completando sete meses, nós estamos num período legal para atualizar as pessoas como as coisas estão andando. Porque ainda estão andando. Gostaríamos muito de chegar aqui e dizer: ‘uhu, acabou! Férias, vamos para o shopping’. Mas não é esse o momento ainda. O tratamento é lento”, explicou Leifert.

Ao que Daiana acrescentou: "Foram sete sessões de quimioterapia intra-arterial, mais uma cirurgia de braquiterapia, que é uma radiação por dentro do olho. Fica três dias internado e a nossa pequena está sempre alegre e sempre pulando. Ela se recupera super bem, ela é muito forte e aguenta bem. O que podemos contar para vocês é que o quadro está estável e a gente ainda precisa observar muito de perto”.

{# Taboola Newsroom #}