AnaMaria
Famosos / Tóquio 2021

Olimpíadas de Tóquio: 5 curiosidades sobre Rayssa Leal, a 'fadinha do skate'

Conheça melhor a mais jovem medalhista olímpica na história do Brasil

Samira Paiva, com supervisão de Juliana Ribeiro Publicado em 01/08/2021, às 15h00

Rayssa se tornou mais jovem a medalhista olímpica da história do Brasil - Instagram/@rayssalealsk8
Rayssa se tornou mais jovem a medalhista olímpica da história do Brasil - Instagram/@rayssalealsk8

Jhulia Rayssa Mendes Leal, apelidada carinhosamente de 'fadinha do skate', fez história nos Jogos Olímpicos de Tóquio. A atleta, de 13 anos, estreou na modalidade 'skate street' e deu um verdadeiro show, deixando as brasileiras Letícia Bufoni e Pamela Rosa para trás. Ao final da disputa, ela atingiu 14,64 pontos e conquistou a medalha de prata, tornando-se a mais jovem medalhista olímpica na história do Brasil. 

Nascida em Imperatriz, no Maranhão, Rayssa surgiu na internet quando tinha apenas seis anos de idade. Com uma fantasia azul de fada, muita determinação e talento, a menina viralizou na web após ter um vídeo em que aparece tentando mandar um ‘heelflip’ - manobra muito difícil no skate - publicado. O sucesso do registro foi tanto que chegou até as mãos de Tony Hawk, um dos maiores skatistas de todos os tempos.

Encantado com a 'fadinha', o atleta fez questão de torná-la mundialmente conhecida. “Eu não sei nada sobre isso, mas é incrível: um heelflip de conto de fadas no Brasil por #RayssaLeal”, escreveu o skatista em seu perfil oficial no Twitter, em 2015.

Daí em diante, a carreira de Rayssa foi, literalmente, deslanchando. Campeã do SLS (Street League Skateboarding) em 2019, vice-campeã mundial de Skate Street, também em 2019, e campeã brasileira na modalidade skate no mesmo ano, a atleta tem, sem dúvidas, um currículo invejável.

Se você, assim como a maioria dos brasileiros, ficou encantado e deseja conhecer mais da história inspiradora de Rayssa Leal, a AnaMaria Digital separou 5 curiosidades sobre maranhense. Confira!

1. CORINTHIANA ROXA
Rayssa é apaixonada pelo mundo do skate, mas quando o assunto é futebol, um time em específico tem seu coração: o Corinthians. Nos momentos livres, a atleta divide seu tempo treinando em uma escolinha profissional do Grêmio, em Imperatriz, mas faz questão de declarar todo seu amor pelo clube do qual é muito fã.

Em meio a uma bateria de entrevistas, logo após a premiação na Ariake Sports Arena, em Tóquio, a fadinha contou que torce para o ‘timão’ e que sua vontade, quando criança, era ser jogadora de futebol. “Fico muito feliz, mas já deixo claro que sou corinthiana, tá bom? É o melhor time do Brasil. Podem falar, é mesmo. Brincadeira (risos)”, entregou. 

2. AMIGA E ÍDOLA
Quem vê Leticia Bufoni e Rayssa Leal juntinhas das Olimpíadas, nem imagina que muito antes a relação das duas, na verdade, era de fã-ídolo. Em uma reportagem produzida pelo ‘Esporte Espetacular’, em 2015, a fadinha do skate contou que seu maior sonho era conhecer a campeã mundial. Ao se encontrarem pela primeira vez, a pequena não conseguiu conter a emoção e caiu no choro. Hoje, seis anos depois, elas são grandes amigas e não se desgrudam mais. 

Quando viu a Rayssa conquistar o título de vice-campeã olímpica, Bufoni não escondeu o orgulho. “É muito emocionante fazer parte de tudo isso e ser inspiração para ela como ela é pra mim. Acho que eu estava mais nervosa torcendo por ela do que competindo. Ela merece muito isso”, disse em entrevista à TV Globo.

3. PATROCINADA
Aos 10 anos, Rayssa Leal conseguia o patrocínio de ninguém menos que a Nike! A marca, assim como muitas outras, viu um grande potencial na pequena skatista, que estava em ascensão, e fez questão de marcar presença em todas as suas conquistas. 

O mais legal é que um dos primeiros tênis que Rayssa usou foi justamente um Nike! A fadinha estava sempre com o calçado no pé e fazia questão de usá-lo mesmo com rasgos e furos, pois sua maior vontade era se divertir e mostrar seu melhor. Na mesma reportagem, produzida pelo ‘Esporte Espetacular’, a Nike viu Rayssa usando os tênis gastos e fez questão de mandar uma caixa cheio de novos produtos para ela! Hoje, a skatista é patrocinada também pela Monster, MRV e Banco do Brasil.

4. CONSCIÊNCIA SOCIAL
Fora das pistas, Rayssa Leal dá um show de muita humildade também! No ano passado, a skatista emocionou os fãs ao promover uma ação social para lá de especial em sua cidade natal. Ela organizou um mutirão para arrecadar presentes e brinquedos para crianças menos afortunadas, que vivem em situação precárias nos lixões da cidade. Na ocasião, Rayssa não conteve o choro, mas afirmou estar realizada por conseguir arrancar um sorriso dos pequenos. 

“Infelizmente, a desigualdade ainda é enorme. Vi crianças em lugares que não eram pra elas, fiquei muito triste, porque ver crianças naquela situação doeu no coração”, desabafou a maranhense em seu perfil no Instagram.

5. OLIMPÍADAS NA VEIA
Na última edição dos Jogos Olímpicos, em 2016, realizado no Brasil, Rayssa estava na lista de revezamento para carregar a tocha. Entretanto, a garotinha ainda era menor de 12 anos e, por esse motivo, o Comitê Olímpico não permitiu sua participação. Sendo assim, seu pai, Haroldo, carregou a tocha em seu lugar e ela fez questão de realizar uma bela apresentação de skate em volta para marcar o momento.

Emocionada, Rayssa nem imaginava que hoje, cinco anos depois, estaria conquistando a medalha de prata para o seus país nas Olímpiadas de Tóquio. “Estou muito feliz por participar desse momento histórico para o esporte mundial ao lado do meu pai”, escreveu ela no registro da ocasião.