AnaMaria
Famosos / Fenômeno

Opinião: Juliette Freire é nova namoradinha do Brasil; Será?

Vencedora do 'BBB21', paraibana conquistou o carinho do público

*Jairo Rodrigues, colunista de AnaMaria Publicado em 03/06/2021, às 10h19 - Atualizado às 10h21

Juliette, vencedora do 'BBB21', é chamada de 'namoradinha do Brasil' - Instagram/@juliette
Juliette, vencedora do 'BBB21', é chamada de 'namoradinha do Brasil' - Instagram/@juliette

Bom, meus queridos leitores, vamos lá dar a César o que é de César, ou melhor, a Juliette o que é de Juliette. É incontestável que a paraibana de 31 anos, vencedora do Big dos Bigs, se tornou um fenômeno midiático, não é mesmo?

Além de levar o prêmio de R$ 1,5 milhão oferecido pelo programa, a advogada e maquiadora conquistou uma legião de fãs, ultrapassando a marca dos 30 milhões de seguidores no Instagram. Um verdadeiro fenômeno!

As lojas Americanas, uma das principais patrocinadoras do reality da Globo, tem agora Juliette Freire como embaixadora da marca. Além de músicas com seu nome, já foram criadas uma linha de vinhos, outra de lingerie, um álbum de figurinhas e jogos de celular com o nome da vencedora do 'BBB21'.  

Há quem diga que Juliette Freire é a nova namoradinha do Brasil, pelo simples fato de muita gente se sentir representada por ela devido a história de vida que foi contada na casa, pelo sotaque marcado e por sua  paixão pelas origens.

ESTÁ VAGO
Na humilde opinião deste colunista aqui, o título de 'Namoradinha do Brasil', até então atribuído a atriz Regina Duarte -antes de ela meter os pés pelas mãos com questões políticas- deve continuar vago. Mas sem menosprezar, claro, a história de vida da vencedora do 'Big Brother Brasil 2021'.

Acredito que não basta ter uma história bonita e inspiradora para se tornar a 'Namoradinha do Brasil', pois é preciso mais do que isso. É necessário ter construído uma relação mais forte com as questões do país e com as questões culturais, não apenas de uma região e sim com um todo.

MAIS PARA FRENTE
Volto a dizer, a campeã do 'BBB21' tem tudo para levar esse título, mas talvez um pouco mais para frente, não neste momento. Entendo que estamos passando por um período em que as esperanças andam sendo poucas, o que ajuda a nos agarramos a narrativas como as de sofredora, injustiçada e corajosa, iguais as de Juliette. Não acho isso o suficiente, porém, para que seja colocada como a nova 'Namoradinha do Brasil'.

Na verdade, muito do sucesso da sister durante o confinamento eu atribuo a sua equipe de marketing aqui fora. Eles fizeram, com muita maestria, um planejamento de comunicação totalmente voltado para fixar a imagem de uma pessoa forte e que, ao mesmo tempo, precisa de proteção.

Juliette Freire é, sim, um fenômeno midiático jamais visto na história dos realities show. Financeiramente, é quase certeza que já ganhou, ou vai ganhar, muito mais do que o prêmio oferecido pelo programa da Globo. Mas ainda falta para ser a nova 'Namoradinha do Brasil'. Quem sabe futuramente, não é mesmo?

E você? O que acha? Escreva nos comentários do Facebook!

** O texto não reflete, necessariamente, a opinião da Revista AnaMaria 

*JAIRO RODRIGUES é jornalista e crítico de TV. Participou dos programas 'A Tarde É Show', na Rede Brasil de Televisão, 'Olga' na RedeTv! e 'Saúde & Você' na Record News. Na Revista AnaMaria fala sobre bastidores da TV e famosos. Instagram: @jairorodriguesoficial