AnaMaria
Busca
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaYoutube AnaMariaTiktok AnaMariaSpotify AnaMaria
Famosos / Eita!

Repórter é atacado por apoiadores de Bolsonaro e desabafa: “Vivi momentos de terror”

Nas redes sociais, repórter da Record se manifesta após agressões que sofreu

Da Redação Publicado em 03/11/2022, às 18h34

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Jornalista Yuri Macri foi agredido por eleitores do Bolsonaro - Reprodução/Record TV
Jornalista Yuri Macri foi agredido por eleitores do Bolsonaro - Reprodução/Record TV

O repórter da Record Yuri Macri foi às suas redes sociais nesta quinta-feira (3) para se pronunciar após as agressões que sofreu de apoiadores de Jair Bolsonaro (PL) enquanto fazia a cobertura de uma manifestação que ocorreu na cidade de Mirassol, no interior de São Paulo. 

Por meio de seu perfil no Instagram, o jornalista falou sobre o ataque que recebeu. “Não queria me manifestar, mas vou! Fui agredido. Não apenas eu. Meu cinegrafista @edmilsonchina também. Foram chutes. Joelhadas nas costas. Tapas. Empurrões. Intimidações. Falaram que eu estava dizendo mentiras na entrada que fazia com o @rafaelalgarte”, iniciou ele. 

“Só pra contextualizar, um rapaz atropelou manifestantes e estávamos lá pra noticiar este factual. Alguma pessoa começou a gritar que eu estava mentindo. De uma pessoa, viraram 10, foram várias. Vivi momentos de terror. De medo. Deus seja louvado que estou bem. Nunca vi pessoas tão agressivas na vida”, continuou.

Por fim, Yuri Macri enfatizou que o que aconteceu com ele foi crime. “Obrigado por todas as mensagens. Só consigo lembrar da minha mãe hoje falando: ‘Yuri, toma cuidado’. Amanhã um novo dia, uma nova história. Mas, foi crime o que fizeram comigo hoje. O que fizeram com o China”, concluiu ele.

Veja a publicação na íntegra:

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!