AnaMaria
Famosos / Foco total

Rodrigo Mussi prefere não aparecer ainda: ‘100% focado na reabilitação'

A informação veio do irmão de Rodrigo Mussi, ex-BBB prefere se recuperar totalmente primeiro

Da Redação Publicado em 05/05/2022, às 21h39

Rodrigo Mussi prefere não aparecer por enquanto - Instagram/@rodrigo.mussi
Rodrigo Mussi prefere não aparecer por enquanto - Instagram/@rodrigo.mussi

Rodrigo Mussi, participante do BBB 22, vem se recuperando bem após o acidente de carro que sofreu há quase um mês. O ex-brother de 36 anos, que está passando por uma reabilitação intensiva, informou que não quer aparecer diante do público antes de estar totalmente recuperado.

No novo boletim médico divulgado na noite desta quinta-feira (5), foi informado que Rodrigo está evoluindo bem. O irmão de Mussi aproveitou a notícia para falar que o ex-BBB só pretende aparecer para seus fãs por enquanto.

"Em consulta de rotina, o Rod passou com a oftalmologista, tendo feito vários exames. Também fez fisio e terapia ocupacional. Ele está progredindo bem e, apesar de sentir falta dos fãs, prefere se resguardar e não aparecer por enquanto. Ele está 100% focado na sua reabilitação", comunicou Diogo Mussi.

TRATAMENTO

Rodrigo Mussi recebeu alta hospitalar na quinta-feira (28). Atualmente, o ex-BBB se encontra em processo de reabilitação para se recuperar do grave acidente de carro que sofreu no final de março.

De acordo com informações do jornal ‘O Globo’, o gerente comercial está fazendo reabilitação intensiva na Rede Lucy Montoro — centro muito reconhecido pelas tecnologias utilizadas durante os tratamentos realizados e que também está vinculado ao Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP.

Em entrevista ao veículo, Diogo Mussi disse que a Rede tem “uma estrutura de primeiro mundo”. De fato, a unidade está entre as 20 melhores instituições de reabilitação — escolhida pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Para se recuperar bem, na unidade, Rodrigo Mussi faz exercícios que focam no aprendizado de movimentos básicos. Como exemplo de tratamento temos a ‘gameterapia’, a qual a partir de um jogo virtual faz com que o paciente trabalhe os membros superiores. Além disso, há diversos tratamentos que utilizam tecnologia robótica, visando acelerar a reabilitação dos pacientes.