AnaMaria
Famosos / MATERNIDADE

Romana Novais sobre ter duas babás para os filhos: ‘‘Não me sinto menos mãe’’

Médica é mãe de Ravi, de 1 ano, e de Raika, de 6 meses

Da Redação Publicado em 24/06/2021, às 11h14 - Atualizado às 11h15

Romana respondeu às perguntas dos fãs nos Stories - Instagram/@romananovais
Romana respondeu às perguntas dos fãs nos Stories - Instagram/@romananovais

Romana Novais respondeu a algumas perguntas dos fãs através dos Stories, na noite da última quarta-feira (23).  Entre elas, um seguidor quis saber quantas babás a médica e o DJ Alok contam para cuidar dos filhos Ravi e Raika, de 1 ano e 6 meses, respectivamente. Foi então que ela aproveitou para fazer um desabafo sobre as críticas que recebe sobre suas escolhas na maternidade. 

“No momento tenho duas cuidadoras que me ajudam. Uma para Ravi e outra para Raika. Antes que me julguem, eu não vejo problema nenhum nisso. É uma profissão que eu valorizo demais e que precisa ter o dom para assumir. Não me sinto menos mãe. Me sinto menos cansada e mais disposta para estar inteira e 100% com eles! Agradeço por ter esse privilégio”, começou explicando. 

Em seguida, Romana declarou que respeita as escolhas de outras famílias em não contratar uma profissional. “PS: se você é mãe que pode ter babá e opta por não ter, te entendo. Mas temos escolhas diferentes e está tudo certo", disse.

A pressão foi tanta que a médica até chegou a cogitar a ideia de cuidar dos filhos sem o auxílio de babás, porém desistiu. “Senti que era vaidade do meu ego pra dizer: 'não tenho babá, cuido sozinha'. A maternidade é muito mais leve quando você assume e compartilha as suas inseguranças."

Por fim, mencionou as vantagens das babás, tanto para o cuidados dos filhos quanto para que possa aproveitar os seus momentos de autocuidado. “Continuo sendo mãe. Mas uma mãe que consegue tomar um banho e lavar o cabelo, dormir um pouquinho mais (agora com a Raika está difícil kkk), tenho meus momentos com meu marido…”

“Vamos parar de pensar que é errado ter babá, gente! Errado é não ter só por vaidade e ficar estressada com a criança... (não estou falando de quem não pode ter por questões financeiras tá?)", concluiu.