famosos   / Reflexão

Samara Felippo desabafa sobre padrões estéticos: ''Hoje meu olhar é diferente''

''Poses em rede social só nutrem a ideia de corpo perfeito. O que não existe'', diz a atriz

Da Redação Publicado sexta 8 janeiro, 2021

 ''Poses em rede social só nutrem a ideia de corpo perfeito. O que não existe'', diz a atriz
Samara Felippo desabafou sobre padrões estéticos - Instagram/ @sfelippo

Samara Felippo usou as redes sociais, na última quinta-feira (8), para falar sobre amor próprio e desabafar sobre os padrões estéticos.

No Instagram, a atriz compartilhou dois cliques em que aparece de biquíni e aproveitou para dizer que corpos perfeitos não existem.

"Eu posso emagrecer, me exercitar, melhorar minha alimentação e ainda fazer poses em rede social que só nutrem a ideia de pele/corpo perfeitos. O que não existe, todos sabemos! Poses que agradam ao “público”. Poses que certamente continuarei fazendo porque também me agradam, não sejamos hipócritas, mas que representam apenas uma parcela que quer se encaixar e ser aceita, que quer receber elogios. A famosa “biscoitada”. Poses que reforçam o padrão", começou ela.

"Gerei 2 crianças, tenho 42 anos, tive minhas crises onde engordei e emagreci a vida toda. Minha barriga é flácida. E ponto. E sim, existem barrigas de todos os tipos, vista a sua. E nem quero e nem tenho muito o que fazer. Até porque hoje meu olhar é diferente", continuou a atriz.

Na sequência, a artista falou sobre a forma que ela aprendeu a olhar para si mesma: "Não tenho lugar de fala para falar sobre estar “fora do padrão”, sempre repito isso aqui. Mas a sociedade me cobrou tanto a vida toda que tive que aprender a olhar com mais carinho pra tudo que sempre me fizeram odiar em mim e claro, o que a idade traz".

E ela não parou por aí e seguiu com o desabafo. "Resolvi escrever esse texto porque vale a pena não falar somente sobre o corpo gordo, a luta pelo nosso amor-próprio diante de tantas críticas, a aceitação do tamanho de nosso quadril, peitos, bunda, barriga e de diversas outras coisas que levam muitas mulheres a se envergonharem, deprimirem, entrar em procedimentos absurdos. Como estrias, flacidez, espinhas, celulites, manchas, varizes... atacadas o tempo todo!, ela disse.  

Por fim, ela destacou o quanto é importante amar o próprio corpo. "Passei o dia pensando se postava, mas eu juro que me olhei com admiração. Seu corpo é seu templo, te sustenta, te apoia e reflete você. Cuide dele... com respeito, amor e do jeito que você achar melhor. Eu to cuidando do meu!", concluiu. 

Último acesso: 01 Dec 2021 - 22:03:09 (1136012).