AnaMaria
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaSpotify AnaMaria
Notícias / Famosos / Preocupação

Sandra Annenberg chora e faz pedido após recorde de mortes pela Covid-19

Jornalista faz apelo comovente nas redes sociais: ''Eu quero viver. E você?''

Da Redação Publicado em 12/03/2021, às 12h53 - Atualizado às 12h53

Sandra Annenberg surgiu abalada nas redes sociais - Instagram/ @sandra.annenberg.real
Sandra Annenberg surgiu abalada nas redes sociais - Instagram/ @sandra.annenberg.real

Sandra Annenberg usou as redes sociais, na última quinta-feira (11), para lamentar o alto número de mortes pela covid-19 no Brasil. 

Em um vídeo publicado em sua conta no Instagram, a jornalista surgiu muito emocionada e fez um apelo aos seguidores.

“Eu estou aqui para te pedir, por favor, se cuida. A gente está passando pelo pior momento da pandemia, aliás, há exatamente 1 ano a contaminação pelo novo coronavírus se tornava mundial e de lá para cá perdemos milhares de vidas. Filhos perderam pais, pais perderam filhos, todos perderam amigos, colegas, gente conhecida”, disse.

Na sequência, Sandra pediu que as pessoas se cuidem. “Cada um de nós é responsável, a gente precisa cuidar da gente e do outro. Não há lado nessa pandemia, aliás, só há um lado, o da vida. Eu imploro, use máscara, fique distante das pessoas e, se já estiver na sua vez, tome a vacina. Só assim a gente vai sobreviver. Eu quero viver, e você? Se cuida!”, concluiu.

Nos comentários, os fãs da jornalista deixaram inúmeras mensagens.

"Você é linda querida. Quanta sensibilidade e sensatez. Muito obrigada", disse uma seguidora. "Obrigado por sua lucidez em tempos tão insanos", falou outro internauta. "Verdade, Sandrinha. Que Deus tenha misericórdia de todos nós... Que as pessoas tenham mais consciência dos seus atos e parem de fazer o que não pode ser feito", completou uma terceira. 

NOVAS RESTRIÇÕES
No momento em que o Brasil tem sido marcado pelos mais elevados números diários de mortes por covid-19 desde o início da pandemia e pela lotação dos leitos de unidades de terapia intensiva, governos estaduais atualizaram as medidas para tentar diminuir a disseminação do novo coronavírus.

Neste mês março, alguns estados tiveram decretos com medidas mais rígidas de restrições para tentar conter o avanço da doença. O toque de recolher, que proíbe a circulação de pessoas por áreas públicas em determinados horários, foi determinado em boa parte do país. 

{# Taboola Newsroom #}