AnaMaria
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaSpotify AnaMaria

Silvero Pereira será Clodovil Hernandes em série documental do famoso

O ator confirmou a participação na produção que contará a história do estilista

Da Redação Publicado em 03/06/2021, às 13h13 - Atualizado às 13h14

Silvero Pereira e Clodovil Hernandes na capa do livro 'Tons de Clô', da editora Best Seller - Instagram/ Editora Best Seller
Silvero Pereira e Clodovil Hernandes na capa do livro 'Tons de Clô', da editora Best Seller - Instagram/ Editora Best Seller

Clodovil Hernandes, apresentador, estilista e político, terá a trajetória transformada em uma série documental pela produtora Formata. Segundo informações do colunista Flávio Ricco, do R7, a equipe comprou os direitos do livro ‘Tons de Clô’, escrito por Carlos Minuano e publicado no Brasil pela editora Best Seller, que conta em detalhes a vida do famoso.

Silvero Pereira, que recentemente esteve na Globo na reprise de ‘A Força do Querer’, como a drag queen Elis Miranda/Nonato, foi o escolhido para interpretar Clodovil. Ele compartilhou, nesta quinta-feira (03), sua primeira foto caracterizado como o ex-deputado federal.

Sem nome definido, o projeto contará com a direção de Rodrigo Cesar e roteiro de Fernando Ceylão.

MANSÃO ABANDONADA

Depois que o estilista Clodovil Hernandes morreu, em março de 2009, sua mansão nunca mais foi habitada. A residência é localizada em Ubatuba, no litoral de São Paulo, e serviu de refúgio para os dias agitados do famoso. Hoje completamente abandonada, a construção tinha diversas áreas como piscina, capela, um grande lago, sauna e novos quartos.

Em 2019, a mansão chegou a ser leiloada por R$ 750 mil. O comprador, no entanto, desistiu de dar uma nova reforma à casa e a colocou no mercado imobiliário novamente. Além disso, parte de sua estrutura chegou a ser demolida, pois estava ocupando um espaço ambiental proibido por lei.

Em entrevista recente ao portal Meon, Fabrício Correia, editor da Metrópole Magazine, lamentou ver a situação do legado de Clodovil.

“Com muita tristeza registro o presente momento. Clodovil Hernandes é sem dúvida um dos grandes nomes da moda, comunicação e entretenimento em nosso país e um dos principais embaixadores da cidade de Ubatuba, pela qual tinha grande paixão. Reencontrar esta residência, antes um ancoradouro de luxo e sofisticação neste estado é ter a certeza que sem a mobilização do poder público, este grande legado será relegado ao esquecimento”, disse ele.

Apesar do luxo na época, a advogada Maria Hebe Queiroz revelou em 2009, ao G1, que o também deputado federal estava falido: “Ele não tinha nada, estava passando necessidade. [...] O Clodovil gastava muito, ele dizia que não tinha juízo. Ele sempre foi descontrolado”

Clique aqui e veja as fotos da residência hoje.

{# Taboola Newsroom #}