AnaMaria
Busca
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaYoutube AnaMariaTiktok AnaMariaSpotify AnaMaria
Famosos / Saúde

Stênio Garcia, de 91 anos, é hospitalizado após passar mal

Ator Stênio Garcia deu entrada em hospital com quadro de vômito e diarreia

Da Redação Publicado em 06/12/2023, às 14h30 - Atualizado às 14h48

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Aos 91 anos, Stênio Garcia deu entrada em hospital com quadro de vômito e diarreia - Instagram/Stênio Garcia
Aos 91 anos, Stênio Garcia deu entrada em hospital com quadro de vômito e diarreia - Instagram/Stênio Garcia

Stênio Garcia deu entrada em hospital do Rio de Janeiro na manhã desta quarta-feira (6). Esposa do artista, Mari Saad confirmou a informação. Segundo ela, o ator de 91 anos começou a passar mal durante a madrugada, apresentando um quadro de vômito e diarreia, sendo logo socorrido.

Mari informou que Stênio logo recebeu atendimento especializado. "Ele já realizou exame de sangue e tomografia abdominal. Estamos aguardando os resultados dos exames", declarou ela.

Ao que tudo indica, Stenio Garcia está com uma gastroenterite viral que é, basicamente, uma inflamação aguda que acomete o revestimento do estômago e pode causar diarreia, vômito e dor abdominal. Caso o diagnóstico se confirme, o ator deve seguir para casa ainda nesta quarta-feira (6).

A SAÚDE DO ATOR

Em julho, Stênio teve uma pinçada na coluna enquanto se exercitava em uma academia, e, ao sentir fortes dores nos quadris e pernas, foi internado no hospital particular na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro, onde permaneceu por seis dias. Ele foi diagnosticado com septicemia aguda.

Também conhecida como sepse, sépsis e infecção generalizada, é a resposta do organismo a uma infecção. O ator foi internado apenas três semanas após revelar que fez uma harmonização facial. O resultado do procedimento estético chamou a atenção pelo aparente exagero e ficou entre os assuntos mais comentados das redes sociais.

A proximidade entre os eventos levantou dúvidas de uma possível conexão entre a harmonização e o quadro de septicemia. Conforme o infectologista e membro da Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI), Julival Ribeiro, em entrevista ao Metrópoles, há a possibilidade de conexão, mas ela é baixa.

De acordo com ele, quadros de infecção não são comuns em procedimentos estéticos se comparados com ferimentos ou cirurgias. Ainda assim, há o risco de uma contaminação com origem neles - quando os produtos usados estavam contaminados ou o pós-operatório não tiver sido feito corretamente.

Como o quadro de Stênio foi de manifestações de dores principalmente nas pernas, conforme noticiou sua assessoria, a chance de que os eventos estejam conectados parecem baixas.

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!