famosos   / Famosos

Suzy Rêgo revela as plásticas que fez e reflete: ''Represento a liberdade''

Atriz, de 54 anos,comenta ainda sua parceria com José Mayer em ‘Império’ e celebra seis reprises simultâneas na TV

Ives Ferro Publicado quarta 16 junho, 2021

Atriz, de 54 anos,comenta ainda sua parceria com José Mayer em ‘Império’ e celebra seis reprises simultâneas na TV
A atriz Suzy Rêgo - Máximo Jr.

Suzy Rêgo, atualmente no ar em seis programas televisivos, costuma incentivar seus seguidores nas redes sociais com diversos cliques motivadores, principalmente sobre moda feminina e aceitação de si mesma. Em um bate-papo com Ana Maria Digital, a atriz revela que não dispensa os procedimentos estéticos para dar uma turbinada na autoestima, e pretende “restaurar a lataria” assim que for imunizada contra a covid-19. 

“Sou entusiasta da busca pela melhora, mas com tolerância e bom senso. Já fiz lipoaspiração, implante de silicone nas mamas, botox, etc. E vou fazer mais... Já avisei para meus doutores que quero funilaria e pintura. Minha médica, Dra. Kátia Volpe, sabe que, assim que vacinar, me jogo para ela ‘restaurar’ a lataria aqui”, conta a atriz, bem-humorada.

Sobre inspirar seus milhares de fãs, ela opina: “Creio ser inspiradora, mas por minha atitude otimista, positiva, animada e brincalhona. Busco a alegria, a leveza. Sou fascinada por pessoas vibrantes, vigorosas. E velho é o mundo, sou um feto! Considero meu bom humor muito atraente”.

Ex-miss, Suzy lida bem com as transformações de sua silhueta e a pressão social pelo corpo perfeito. “Minha forma física é mutante. Às vezes uso 42 e, outras vezes, 46. Represento a liberdade e as mulheres que são saudáveis, plurais, otimistas, altruístas. Minha representatividade é sobre autoestima bem-resolvida, cultivar mente sã e corpo são, buscar a felicidade”, afirma.

NA TV
No ar em ‘Império’, Rêgo guarda muitas boas recordações dos bastidores, principalmente da parceria com José Mayer, seu marido na trama de Aguinaldo Silva, além de Joaquim Lopes e Juliana Boller, seus filhos na ficção.

“Amávamos ensaiar nossos textos juntos, almocei várias vezes com o Zé para ouvir histórias incríveis dos trabalhos que ele participou, teatro, musicais, etc. Eu amei a parceria, pois ele é muito generoso e atento, alegre, divertido e torcedor. Em cena, entrega total. Nós passamos momentos especiais fora das gravações. Saíamos em turma com a filha do Zé, Julinha Fajardo, era pura diversão”, recordou.

Apesar do folhetim das 21h trazer diversas cenas memoráveis, como o embate entre Beatriz Bolgari (personagem de Suzy) e Cláudio (José Mayer), a artista elege uma sequência que foi gravada dentro do carro como uma das mais difíceis. Na cena, ela é hostilizada por apoiar o marido homossexual, sai dirigindo descontroladamente e sofre um acidente.

“Foi feita em dois dias. Exigiu muito empenho físico, mental e emocional. O diretor Cláudio Boeckel e equipe me conduziram com muita paixão e criatividade. E aprovaram minha destreza em dirigir um carro enquanto chorava descontroladamente por avenidas expressas do Rio de Janeiro. Ganhei elogio como atriz e como piloto”, brinca.

Seis anos após o término da novela, Suzy ainda mantém contato com velhos amigos, à exemplo de Mayer, afastado da TV desde 2016: “Nos falamos e parece que nos vimos há pouco tempo. Temos uma conexão muito carinhosa, descontraída e próxima. Gosto muito da Vera, esposa dele, da Júlia. Um presente que essa profissão me deu”.

HEXACAMPEÃ
De isolamento social com o marido, Fernando Vieira, e os filhos gêmeos, Marco e Massino, de 11 anos, a atriz preza por dias melhores e aguarda a vacina para continuar com seus projetos.

“A saúde é prioridade. Vacina Já! Enquanto isso, aproveitem para assistir minhas seis reprises no ar simultaneamente. Sou hexa campeã!”, celebra ela, que está no ar em ‘O Salvador da Pátria’, ‘A Viagem’ e ‘Era Uma Vez’ (Canal Viva); ‘Floribella’ (Band), ‘Império’ (TV Globo) e ‘Juacas’ (Disney Channel).

Aproveitando a onda “caseira”, Suzy decidiu mudar seu estilo de roupa: “Passei a usar mais hobby, kimono, kaftan, pijama. Adotei o estilo lounge, mas para as lives uso looks produzidos, pele e cabelos bem-cuidados, gosto de me apresentar com imagem agradável e charmosa”.

A artista é a estrela da coleção Outono/Inverno ‘Luzes’, da Maison SPA. A marca da estilista Carla Folloni veste ‘mulheres com curvas’, do manequim 42 ao 56. “Já fiz outras campanhas para a Maison SPA. É sempre um prazer aprender mais sobre tendências, texturas, cores”, explica a artista. “A equipe é amorosa e atenta, sinto-me uma diva.”

Último acesso: 25 Sep 2021 - 09:55:14 (1146351).